Vilas indianas são atacadas e cristãos sofrem com a violência

| 11/11/2015 - 00:00


Vários cristãos foram hospitalizados e outros forçados a voltar para o hinduísmo, depois de um ataque na vila Chhattisgarh, que fica na região central da Índia.  Os responsáveis pelo ataque foram vários extremistas hindus.

Os cristãos da Igreja Pentecostal Independente, em Kohkameta, também foram atacados no mês passado, durante um culto que acontecia pela manhã. Informações locais apontam para uma conspiração dos aldeões para acabar com as atividades cristãs naquele lugar.

Os membros da igreja foram arrastados para fora e espancados com armas improvisadas, como pedaços de pau. Muitos ficaram inconscientes e outros foram forçados a assinar documentos, onde declaravam abandonar a prática do cristianismo.

Uma das vítimas conversou com um analista de perseguição da Portas Abertas, e disse: “havia 35 pessoas na igreja, incluindo crianças. Durante a oração, eles apareceram e começaram a bater em todos, com muita violência”. A situação está ficando cada vez mais complicada para os cristãos que vivem nas aldeias da Índia e o número dos ataques aumentou recentemente. Interceda por eles.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE