NOSSO TRABALHO

Em países onde existe perseguição religiosa, os projetos da Portas Abertas têm sido fundamentais para a Igreja Perseguida ser fortalecida e permanecer sendo sal da terra e luz de Cristo onde estiver


Há mais de 60 anos, o trabalho da Portas Abertas tem feito a diferença na vida de milhões de cristãos perseguidos por meio de projetos implantados em países onde os cristãos não têm liberdade para o exercício da fé em Jesus.

As privações enfrentadas por eles variam de acordo com o nível de perseguição do país em que estão. Todos os anos, a Portas Abertas realiza uma pesquisa para monitorar a perseguição, a Lista Mundial da Perseguição, que elenca os 50 países mais perigosos para ser cristão.

Por causa da perseguição, os cristãos enfrentam diversas restrições, que podem ser desde proibição ao acesso a itens básicos como água, ou prisão e até a morte. Por isso, primeiramente, o trabalho da Portas Abertas é chegar ao país e entender o contexto da perseguição e privações enfrentadas pelos cristãos, para então, decidir a melhor forma de ajudá-los.

Assim, os projetos da Portas Abertas são implantados da seguinte forma: primeiro ouvir as necessidades dos cristãos perseguidos, identificar os problemas e entender seu contexto para, então, planejar o socorro que será levado àquela comunidade.

Esse apoio é planejado com base em quatro frentes: distribuição de Bíblias e literatura, treinamentos, ajuda socioeconômica e ações institucionais (consultoria jurídica, pesquisa e presença).



O ministério atua com dois tipos de escritórios, chamados “bases”, onde mais de 1.000 colaboradores trabalham atualmente: bases de campo (elaboram e executam os projetos) e bases de desenvolvimento, como a do Brasil (responsáveis por engajar parceiros, em intercessão e doação, e levantar recursos para a execução dos projetos no campo). No total, a Portas Abertas está presente em mais de 60 países.

As doações arrecadadas nas bases de desenvolvimento são transferidas para a Portas Abertas Internacional – o escritório central –, que as direciona para as bases de campo. São duas sedes atualmente, uma na Holanda e outra nos Estados Unidos. Além de todas as bases terem a contabilidade auditada por empresas independentes, a Portas Abertas Internacional mantém um departamento de auditoria interna desde janeiro de 2010.


“Quando um membro sofre, todos os outros sofrem com ele; quando um membro é honrado, todos os outros se alegram com ele.” 1Coríntios 12.26



O trabalho só é possível com o apoio de milhares de parceiros, pessoas como você, que decidiram apoiar a causa. Em outras palavras, a Portas Abertas é a ponte que conecta você, parceiro, àqueles a quem servimos, os cristãos perseguidos. Enquanto você socorre nossos irmãos apoiando esse trabalho, sua fé é aprofundada e enriquecida com os testemunhos de transformação.

Faça parte do grupo de pessoas que está fazendo a diferença na vida de milhões de cristãos perseguidos. Ao realizar qualquer doação em nosso site você se torna um parceiro e recebe de presente a Revista Portas Abertas, onde você lerá testemunhos impactantes dos cristãos perseguidos apoiados pela missão.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE