O que é a Igreja Perseguida?

Entenda o que os cristãos perseguidos enfrentam e saiba como fortalecê-los

| 10/05/2022 - 15:00

Por meio da sua oração e doação, você ajuda os cristãos perseguidos a se manterem firmes na fé

Por meio da sua oração e doação, você ajuda os cristãos perseguidos a se manterem firmes na fé


Quando os cristãos ao redor do mundo têm os direitos negados, por escolherem seguir a Jesus, eles se tornam vulneráveis a hostilidades em diferentes esferas da vida: vida privada, família, comunidade, nação e igreja. Isso faz com que eles sejam considerados cristãos perseguidos e pertençam à Igreja Perseguida. De acordo com os dados da Lista Mundial da Perseguição 2022, coletados entre 1 de outubro de 2020 e 30 de setembro de 2021, mais de 360 milhões de cristãos no mundo enfrentam algum tipo de oposição como resultado da identificação com Cristo.

Essa perseguição religiosa ocorre quando os seguidores de Jesus não têm os direitos de liberdade religiosa garantidos; a conversão ao cristianismo é proibida devido a ameaças vindas do governo ou de grupos extremistas; nossos irmãos são forçados a deixar as casas ou empregos por medo da violência; os cristãos são agredidos fisicamente ou até mesmo mortos por causa da fé; os irmãos são presos, interrogados e, por diversas vezes, torturados por se recusarem a negar a Jesus.

Qual a diferença entre Igreja Perseguida e Igreja Sofredora?

Em 2002, a Portas Abertas realizou uma reformulação da identidade corporativa a fim de ressaltar a fundamentação bíblica de nossa atuação. Nesse processo, nos deparamos com a necessidade de fazer uma distinção clara entre sofrimento e perseguição.

Sofrimento é algo passivo, enquanto perseguição é algo ativo. É por isso que falamos sobre os cristãos perseguidos ou a Igreja Perseguida, deixando de usar as expressões cristãos sofredores ou Igreja Sofredora no contexto do ministério da Portas Abertas.

Sofrimento implica em todos os esforços e sacrifícios assumidos para que a missão cristã seja cumprida, independentemente do local onde o cristão viva. Ou seja, todos os cristãos envolvidos na vida da igreja podem se considerar cristãos sofredores. O sofrimento também pode vir de situações variadas de angústia, como doenças, questões familiares, problemas financeiros etc. Então dizemos que é sofrimento quando tais situações não são resultado direto de professar a fé cristã.

Igreja na Nigéria, onde a Portas Abertas trabalha em prol dos cristãos perseguidos

Já a perseguição implica em todos os tipos de injustiça, de maus-tratos e desrespeito aos direitos humanos com o objetivo de impedir a proclamação do evangelho, seja por parte de um indivíduo, grupo ou comunidade.

O foco da Portas Abertas é apoiar a parte do corpo de Cristo que é perseguida. É por isso que quando a Portas Abertas é solicitada a atender cristãos que estejam sofrendo, mas não estão vivendo sob perseguição, ela busca fazer o contato com alguma outra missão ou organização voltada a atender aquele tipo de fonte de sofrimento. Reconhecendo, assim, a importância de que irmãos que estejam sofrendo também recebam a ajuda adequada.

O que é o Domingo da Igreja Perseguida (DIP)?

O Domingo da Igreja Perseguida (DIP) é um movimento de oração em favor dos cristãos perseguidos idealizado pelo Irmão André, fundador da Portas Abertas. Atualmente, estima-se que mais de 360 milhões de cristãos enfrentam algum tipo de perseguição.

O DIP acontece no Brasil desde 1988 e tem como objetivo servir aos cristãos perseguidos por meio da oração e contribuição para fortalecê-los em meio a adversidades, além de conscientizar a igreja brasileira a respeito da hostilidade enfrentada por nossos irmãos e irmãs. Milhares de igrejas do Brasil participam do DIP por entenderem que um dos papéis fundamentais que exercemos como igreja, em um país livre, é interceder por nossos irmãos perseguidos, que não desfrutam da mesma liberdade de adorar sem medo. 

Como é possível participar do DIP?

A participação da sua igreja no DIP consiste em um compromisso de mobilizar os membros para orar e agir em favor dos cristãos presos nos países da Lista Mundial da Perseguição. Esse tempo dedicado à Igreja Perseguida pode acontecer antes, durante ou após o culto. Cada igreja local decide o formato que o DIP terá.

A data da realização do DIP pode variar a cada ano, pois acontece no domingo após o Pentecostes. Isso porque o relato bíblico de Atos 4 marca o início da perseguição aos cristãos logo após a descida do Espírito Santo, com a prisão de Pedro e João. Simbolicamente, então, podemos dizer que esse foi o “início” da Igreja Perseguida.

Após cadastrar sua igreja no DIP, você terá acesso aos materiais exclusivos para a realização do evento

O primeiro passo para participar é pedir autorização para o pastor da sua igreja. Depois é só se cadastrar em nosso site, no qual você terá acesso a um manual de como realizá-lo, além de diversos materiais exclusivos na área restrita do site para ajudar na realização do evento. Realizando o DIP em sua igreja, você dará a oportunidade de mais cristãos conhecerem sobre a causa da Igreja Perseguida e, o mais importante, poderá interceder e agir para que o Senhor fortaleça nossos irmãos que enfrentam perseguição por amor a Jesus.

Como posso ajudar a Igreja Perseguida?

Há muitas maneiras de servir aos cristãos perseguidos, mas a oração é o principal pedido deles à igreja global. Você também pode ser um voluntário, engajando-se em divulgar as necessidades e pedidos da Igreja Perseguida em sua comunidade cristã e entre amigos. Também é possível doar para projetos que apoiam os seguidores de Jesus em mais de 60 países.

Ao se tornar um parceiro Portas Abertas, você pode mudar a vida de um cristão perseguido ao redor do mundo


Nosso trabalho só é possível com o apoio de milhares de parceiros, pessoas como você, que decidiram apoiar a causa. A Portas Abertas é a ponte que conecta você, parceiro, àqueles a quem servimos, os cristãos perseguidos. Enquanto você socorre nossos irmãos apoiando esse trabalho, sua fé é aprofundada e enriquecida com os testemunhos de transformação.

Faça parte do grupo de pessoas que está fazendo a diferença na vida de milhões de cristãos perseguidos. Ao realizar qualquer doação em nosso site você se torna um parceiro e recebe de presente a Revista Portas Abertas, na qual você lerá testemunhos impactantes dos cristãos perseguidos apoiados pela missão.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco