Cristãos Secretos

Apoio imediato nas necessidades básicas

Cristãos Secretos
Seguir a Jesus em um país de maioria muçulmana é uma tarefa perigosa. O resultado de ir contra a fé islâmica é viver marginalizado na sociedade, sem condições mínimas de arcar com despesas básicas, como alimentação e moradia. Com uma doação de R$ 99,95, você ajuda cristãos secretos a se manterem firmes na fé em Jesus e mostra que eles não estão sozinhos nessa caminhada.

A perseguição no Centro e Sudeste da Ásia
Muitos países do Centro e Sudeste da Ásia são islâmicos e punem rigorosamente aqueles que ousam seguir a Jesus. Os castigos físicos e psicológicos são maneiras de obrigar os cristãos a voltarem para a antiga fé.

Muitos dos recém-convertidos cedem à hostilidade de familiares, comunidade e autoridades e retornam para o islamismo. Por isso é urgente que eles sejam apoiados e socorridos ainda nessa primeira fase da vida cristã.

Quando são rejeitados pelos parentes e pela sociedade, os cristãos precisam receber ajuda, muitas vezes de maneira secreta. Assim, eles poderão sobreviver e entender que fazem parte da grande família de Deus espalhada pelo mundo.

Conheça Dhea
Desde muito cedo, Dhea (pseudônimo) tinha consigo o desejo de agradar Alá com a própria vida. Por isso, era um modelo de devoção para todos que a conheciam. Aos seis anos, já fazia as cinco orações e ia na mesquita toda madrugada. Aos 12, decorou todo o Alcorão e estudava em uma escola islâmica.

Porém, Dhea foi abusada sexualmente aos 15 anos por um homem influente onde morava. A muçulmana guardou para si esse trauma, mas três meses depois descobriu que estava grávida. Desesperada, soube que aquele era o fim dela, pois se sentiu culpada pelo abuso e iria para o inferno por esperar um filho solteira.

A jovem se tornou vergonha para os pais e vizinhos e deveria pagar pelo “crime” cometido. Então foi condenada pelas autoridades islâmicas a levar 100 chicotadas e a dois anos de prisão. Nesse período, contraiu malária e precisou ser levada a um hospital, onde conversou com um estrangeiro por alguns minutos e depois recebeu uma Bíblia na prisão.

Dhea resolveu queimar o livro sagrado, mas antes o leria. Ela se encantou com as palavras de amor de Deus e se entregou a Jesus. Então, quando saiu da prisão contou aos pais sobre Jesus e foi dada como louca e foi deserdada. A recém-convertida retornou para a prisão por causa da nova fé.

Ao ser libertada, mudou para um país vizinho e encontrou o apoio que precisava na família da fé. Hoje, ela recebe pessoas necessitadas em casa e supre as necessidades delas com alimentos, saúde e estadia.

Assim como Dhea foi apoiada pela Portas Abertas, outros cristãos secretos precisam de socorro imediato para ter as necessidades básicas supridas. Dessa forma, saberão que não estão sozinhos e pertencem ao corpo de Cristo.

Ao doar para qualquer projeto, você se torna um parceiro e recebe de presente a assinatura da Revista Portas Abertas, com validade de um ano.

Caso o valor arrecadado ultrapasse o orçamento do projeto, as doações serão utilizadas em outras necessidades do campo.

R$
INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE