Eritreia

Ajude cristãos eritreus a sobreviver e crescer

Ocupando o 6º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2021, a Eritreia é um dos países onde é mais difícil ser cristão. A Portas Abertas apoia cristãos no país por meio da igreja local desde os anos 1990 nas seguintes áreas: treinamento bíblico, discipulado, ajuda prática e apoio espiritual. Com sua ajuda, nossos irmãos e irmãs podem não apenas sobreviver, mas florescer em um ambiente de extrema pressão. Ao doar R$ 98,50 você leva alimento, remédios e outras necessidades essenciais para um cristão eritreu vítima de perseguição violenta.

A perseguição na Eritreia

Em 1997, o governo da Eritreia ordenou que todos os grupos religiosos fora da Igreja Ortodoxa da Eritreia (EOC), da Igreja Católica Romana, da Igreja Evangélica Luterana e do islã se inscrevessem no Departamento de Assuntos Religiosos. Algumas denominações se inscreveram.

Quando o governo fechou igrejas em 2002, as igrejas que se inscreveram foram consideradas “complacentes”, resultando em alguns privilégios. Desde então, essas igrejas sancionadas se tornaram totalmente controladas pelo Estado. Ao longo dos anos, desde o fechamento da igreja, milhares de cristãos que não se submeteram ao controle do Estado foram encarcerados na ampla rede de prisões na Eritreia.

Há no país 62 centros de detenção, sendo 13 deles na capital Asmara. Sabe-se que em vários desses centros, cristãos são torturados e colocados em contêineres que servem como celas. A prisão de Assab, por exemplo, contém algumas células subterrâneas extremamente pequenas (80 cm x 200 cm) e oferece higiene muito precária.

Conheça Shiden

Shiden (pseudônimo), hoje um cristão na casa dos 30 anos, se converteu no final da adolescência. Quando tinha cerca de 20 anos, foi pego em um culto secreto e preso com cerca de outras 40 pessoas. Ele passou mais de uma década em três prisões diferentes. Depois de 13 anos, foi libertado sem qualquer explicação. “Quando ele foi solto, estava muito magro e gaguejava quando falava”, disse-nos sua mãe idosa. Ele também lutou contra crises de depressão profunda.

Quando recentemente nos conectamos com a mãe de Shiden, ela expressou alegria ao ver a melhora do filho: “Glória a Deus, meu filho está muito melhor. Agora, quando eu dou comida pra ele, ele come”.

O irmão de Shiden nos disse: “Embora não tenha sido fácil para ele, Shiden chegou tão longe. E hoje em dia ele me incentiva, lembrando-me da história dos pais da fé em Hebreus 11. Ele diz:

‘Servirei ao Senhor até morrer; quero servir ao Senhor pelo resto de meus dias. Eu também quero ser um herói da fé e, um dia, no futuro, receber a coroa da justiça que está reservada para mim, que o Senhor me concederá naquele dia’”.

Sua doação possibilita que cristãos eritreus sejam socorridos diante das mais diversas formas de perseguição que enfrentam.

Ao doar para qualquer projeto, você se torna um parceiro e recebe de presente a assinatura da Revista Portas Abertas, com validade de um ano.

Caso o valor arrecadado ultrapasse o orçamento do projeto, as doações serão utilizadas em outras necessidades do campo.

R$
INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE