https://sitepa.s3.amazonaws.com/fotos/MDEyUmtGVFZFTk5Vdz09TWpBME9BPT0%3D/1719356228_1719356223-DOE_SW24.webp

Shockwave 2024 | Índia

Alimento físico e espiritual para cristãos indianos

Há 20 anos, a Portas Abertas apoia cristãos indianos por meio de treinamentos de preparação para a perseguição, projetos de geração de renda, ajuda emergencial, projetos comunitários, aconselhamento e ministério de presença. Diante das ameaças e da violência crescentes, nossos irmãos contam com o apoio da família da fé para serem fortalecidos em meio à perseguição. Que tal abrir mão de algo que você gosta muito para abençoá-los? Com R$ 20,00, equivalente ao valor médio de um açaí, você doa uma Bíblia em dialeto local. Com R$ 40,00, equivalente ao valor mensal médio de uma assinatura de streaming, você doa duas Bíblias em dialeto local. Com R$ 60,00, equivalente ao valor médio de uma sessão de cinema, você doa uma cesta básica. Com R$ 120,00, equivalente ao valor médio de um rodízio de comida japonesa, você doa duas cestas básicas.

A perseguição na Índia

Violência é a ordem do dia na Índia. Crimes como mortes por honra, ataques com ácido e violência sexual ocorrem regularmente em todo o país, com cristãos sendo alvos frequentes desses ataques.

A sociedade indiana revela que a vida humana tem pouco valor e a violência é generalizada, o que tem a ver com o sistema de castas no qual as pessoas são classificadas hierarquicamente. De acordo com esse pensamento, uma pessoa não tem valor em si mesma, sendo julgada apenas por rótulos externos e tratada de acordo com eles.

Qualquer pessoa rotulada como “cristã” é considerada “perigosa” e “inferior”, sendo aceitável ataques contra ela e até mesmo sua morte. A propaganda nacionalista apoia a ideia de que hindus são superiores a outras pessoas, por isso não é difícil incitarem uma multidão a atacar cristãos.

Conheça Mahi

Quando a mãe da jovem Mahi ficou gravemente doente, nenhum médico pôde ajudá-la. No hospital, recebeu a visita de uma cristã, que contou sobre Jesus e orou por ela, e ela foi curada. Isso fez com que a mãe, Mahi e sua irmã se tornassem cristãs.

Na aldeia, as três mulheres eram as únicas com a nova fé, por isso foram recebidas com ridicularização e ódio por parte dos vizinhos. O pai de Mahi também foi contra a mudança. A situação piorou quando ele passou a ficar embriagado regularmente. O assédio que a mãe de Mahi recebia do marido era tanto que sua saúde piorou e ela faleceu.

Depois de seis meses, o pai de Mahi também faleceu, e sua irmã tinha ido morar em uma acomodação estudantil do governo. Isso deixou Mahi sozinha e vulnerável a ataques no vilarejo. Em uma noite de janeiro de 2022, a situação se agravou.

“O pastor e cerca de dez cristãos vieram à minha casa para orarmos”, explica Mahi. Então os vizinhos espalharam um boato na aldeia de que hindus seriam convertidos à força na reunião. “Eles cercaram minha casa e disseram: ‘Vamos trancar vocês e colocar fogo na casa’.” Os cristãos conseguiram escapar e ir até a delegacia, mas não receberam ajuda.

Mahi foi apoiada por parceiros locais da Portas Abertas, e a igreja se tornou sua família. Ela disse: “Quando meus pais morreram, perdi tudo. Mas por meio de Cristo tenho uma grande família. Estou muito feliz com isso”.

*** O valor da doação é uma sugestão e pode ser alterado***

Ao doar para qualquer projeto, você se torna um parceiro e recebe de presente a assinatura da Revista Portas Abertas, com validade de um ano.

Caso o valor arrecadado ultrapasse o orçamento do projeto, as doações serão utilizadas em outras necessidades do campo.

Shockwave 2024 | Índia

< voltar para campanhas

Doe outro valor

R$