Cristãos e muçulmanos se opõem a ataque de prefeito