141 cristãos são presos na Eritreia

No país, a prática de prender cristãos é apoiada pelo governo. Muitos deles nunca serão liberados

| 19/05/2019 - 06:00

Cristãos são presos em contêineres de metal, submetidos ao calor terrível durante o dia e a temperaturas congelantes à noite

Cristãos são presos em contêineres de metal, submetidos ao calor terrível durante o dia e a temperaturas congelantes à noite


Na última sexta-feira, agentes de segurança prenderam 141 cristãos em Asmara, capital da Eritreia. Desse total, 104 são mulheres, 23 são homens e 14 são crianças. Eles foram capturados e separados pelas autoridades. Até agora, nenhum deles foi acusado. Há preocupação com o bem-estar dos menores e dos idosos entre eles.

Na Eritreia, a prática de prender quem se reúne ou exerce qualquer atividade religiosa sem a autorização do governo já causou a prisão de mais de dois mil cristãos, alguns dos quais ainda permanecem presos depois de 11 anos. O país está na 7ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2019 e os principais tipos de perseguição que se estabelecem no país são a paranoia ditatorial e a opressão islâmica.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), o governo da Eritreia tem cometido crimes contra a humanidade ao longo dos últimos anos. Prisões em contêineres, torturas e violência física têm feito parte da vida de muitos cristãos. Além disso, o país tem passado por escassez de medicamentos e alimentos.

Devido à situação de pobreza e da falta de liberdade, milhares de pessoas tentam migrar para a Europa atravessando o Mar Mediterrâneo em botes que mal navegam. Centenas já morreram tentando essa travessia. Cristãos que ficam no país são vigiados, pressionados a negar a fé e presos. A prisão é feita em contêineres de metal, em que são submetidos ao calor terrível durante o dia e a temperaturas congelantes à noite.

Apoie cristãos presos na Eritreia

Entendendo a realidade dos nossos irmãos eritreus, a Portas Abertas mantém um projeto que apoia financeiramente cristãos, pastores e líderes presos, juntamente com seus familiares. A ajuda chega de inúmeras maneiras: distribuição de alimentos, medicamentos, livros – itens raros na Eritreia, onde um pão custa aproximadamente sete dólares. Conheça mais sobre o projeto, doe e envolva-se com a Igreja Perseguida na Eritreia.

Pedidos de oração

  • Clame para que todos os cristãos presos experimentem o conforto e a paz do Senhor enquanto suportam esta perseguição.
  • Peça pela provisão espiritual e física do Senhor para eles. Ore para que eles não sejam governados pelo medo, mas pelo poder, amor e uma mente sã.
  • Interceda para que o Senhor seja glorificado por meio do testemunho desses irmãos.

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE