Igrejas locais fazem manifestação pacífica contra violência feminina