“Não posso dizer nada”