5 motivos para clamar pelos Emirados Árabes Unidos

Os seguidores de Cristo são proibidos de disseminar a fé e enfrentam perseguição

| 03/12/2020 - 06:00

No território dos Emirados Árabes Unidos é proibida a disseminação do evangelho e conversão de muçulmanos

No território dos Emirados Árabes Unidos é proibida a disseminação do evangelho e conversão de muçulmanos


Localizado na Península Arábica, no Oriente Médio, o território dos Emirados Árabes Unidos é composto por sete monarquias, sendo Abu Dhabi, Dubai, Xarja, Ajmã, Umm al- Quwain, Ras al-Khaimah e Fujeira. A federação ocupa o 47º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2020 como um país onde ser cristão é desafiador, devido a perseguição velada.

No dia 2 de dezembro, comemorou-se 50 anos que os principados se tornaram independentes. E, embora sejam um excelente exemplo de economia desenvolvida os cidadãos dos Emirados Árabes Unidos são obrigados a se silenciar quando o assunto é religião e liberdade de expressão. Apesar dos estrangeiros poderem frequentar as igrejas, o evangelismo é proibido e a conversão de muçulmanos a Jesus também.

Confira 5 motivos para clamar pelos Emirados Árabes:

  • Interceda pelo fortalecimento dos cristãos na nação. Que, apesar da proibição governamental, eles tenham ousadia para compartilhar os ensinamentos de Jesus com todos ao redor.
  • Ore pelos cristãos ex-muçulmanos, para que eles consigam enfrentar a forte pressão da sociedade e dos familiares. Muitos perdem o emprego, o direito de paternidade, ou são forçados a casar com muçulmanos.
  • Clame pelos cristãos que trabalham no país e enfrentam violência em nome da fé por parte das autoridades.
  • Os dois principais provedores de internet nos sete emirados são do governo. Como o país é oficialmente islâmico, há bloqueios de sites que falem “contra” a religião, inclusive de páginas que tratam de assuntos relacionados ao judaísmo, cristianismo, ateísmo e testemunho de ex-muçulmanos convertidos a Jesus. Interceda para que Deus abra as portas para que os interessados em conhecer mais a Cristo tenham acesso às informações, mesmo através da internet.
  • Clame para que os governantes árabes tenham sabedoria e tolerância com os cristãos, para que igrejas possam ser abertas e a disseminação do evangelho possa acontecer sem temor.

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE