Portas Abertas visita família de pastor assassinado

Portas Abertas • 5 out 2014


0005_Camaroes_0270100142

Na tarde de 24 de julho, supostos militantes do Boko Haram chegaram à aldeia de Balgaram, no extremo norte de Camarões. Moradores aterrorizados gritaram: ""Boko Haram! Boko Haram!"" O caos irrompeu enquanto todos corriam para se proteger. Alguns morreram ao tentar fugir.

Os militantes surpreenderam a família Kesvere em casa. Algumas crianças mais velhas, que entenderam o perigo, conseguiram fugir. Mas Sharifa não podia correr – as crianças mais novas estavam com ela. Eles assistiram, impotentes, os radicais perguntarem a Jean Marcel o que ele fazia para viver. Quando ouviram que ele era um pastor, o jogaram em um carro e foram embora.

Não se sabe o que aconteceu entre o pastor e os rebeldes. Mas um dia depois, na sexta-feira, 25 de julho, Jean Marcel Kesvere, marido, pai e missionário fiel ao povo do norte de Camarões, foi morto.

Após o acontecido, não houve tempo para Sharifa reunir todas as posses. Ela foi obrigada a deixar Balgaram apenas com as roupas do corpo. A aldeia de Townsfolk recebeu uma família traumatizada e a acolheu.

A viúva e seus oito filhos ficaram chocados. Eles nunca imaginaram que uma tragédia como essa iria acontecer com a sua família. De todas as crianças, a filha mais velha parecia entender a magnitude de sua perda. Ela chorou amargamente. ""Ela estava se afogando em lágrimas. Tudo isso parecia simplesmente demais para ela suportar”, compartilha a mãe.
 
As palavras parecem vazias em situações como estas. O que se pode dizer ou fazer, para trazer alívio? Tudo o que Daouda podia fazer era oferecer condolências e assegurar à Sharifa que ela não estava sozinha – muitos irmãos ao redor do mundo estão orando por ela. Daouda também orou com eles. Sharifa parecia encorajada.

A perda vai além da família de Jean Marcel. Nascido em Camarões e treinado no vizinho Chade, ele era membro da Igreja Luterana de Balgaram, onde serviu a comunidade por mais de dois anos. Seu sequestro e assassinato provocaram um estado de choque. ""Estamos em grande dor pela perda de um colega dedicado ao seu ministério"", disse um membro da igreja.

Pedidos de oração

  • Ore pelo conforto do Senhor para esta família, que está muito traumatizada. Peça para que eles sejam envolvidos pelo seu amor, abraçados pela Igreja.
  • Interceda para que o Senhor os abençoe em todas as suas necessidades.
  • Clame também pela Igreja nesta região, que ficou muito chocada com os acontecimentos.

Leia também
Pastor morre em ataque do Boko Haram em Camarões

Sobre nós

A Portas Abertas é uma organização cristã internacional e interdenominacional, fundada pelo Irmão André, em 1955. Hoje, atua em mais de 60 países apoiando cristãos perseguidos por causa da fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2024 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco