“A igreja está de pé!”

| 23/02/2016 - 00:00


23-tanzania-0370001369

A igreja em Bukoba, uma cidade que fica no noroeste da Tanzânia, às margens do lago Vitória, foi atacada no mês de setembro do ano passado e perdeu três congregações. Infelizmente, esse tipo de incidente não é novidade alguma para os tanzanianos. Desde 2013, mais de 13 igrejas foram incendiadas e ninguém registrou queixa na delegacia de polícia. ""Não é fácil para os cristãos que vivem esse tipo de situação se recuperar emocionalmente, sem falar da parte financeira. A perda material é irreparável, mas não é capaz de desanimar os seguidores de Cristo. O que os incendiários destruíram foram só os prédios, mas a fé deles foi ainda mais edificada. A igreja está de pé"", observa um dos analistas de perseguição.

Segundo informações locais, o ataque não interrompeu a agenda de cultos a Deus. ""Pelo contrário, agora os cristãos celebram a bondade do Senhor com mais entusiasmo e gratidão. Não houve mortos, nem feridos, por isso eles estão alegres"", disse um dos colaboradores da Portas Abertas que os visitou. ""Eles pediram para que não desistíssemos de orar por eles e agradeceram pela ajuda e apoio de todas as pessoas que estão envolvidas com a igreja da Tanzânia"", disse.

A Tanzânia é o 36º país na Classificação da Perseguição Religiosa 2016 e a situação dos cristãos lá é um tanto confusa. O país adotou um regime socialista até 1987. Atualmente, a forma de governo é a República Presidencialista. ""O governo da Tanzânia tem trabalhado neste projeto de constituição, mas não conseguiu realizar o referendo como planejado. No projeto existe uma disposição que introduz a Kadhi (sharia), lei religiosa islâmica, em todo o país"", comenta o analista. Embora mais de 50% da população seja seguidora do cristianismo, os muçulmanos presentes e os adeptos ao hinduísmo são mais influentes do que os cristãos. Mas isto não tem impedido que a igreja cresça, e muito menos que deixe de ser forte. ""A igreja de Cristo sempre vai prevalecer"", conclui o analista.

Leia também
Igreja incendiada aumenta ainda mais a fé dos cristãos

Motivos de oração

  • Ore para que a igreja na Tanzânia tenha recursos para reconstruir os prédios incendiados.
  • Peça a Deus para que a justiça seja feita e que os incendiários sejam desviados dos caminhos dos cristãos, para que haja segurança.
  • Ore também para que os perseguidores recebam o amor de Cristo em seus corações e também agradeça a Deus por poupar a vida dos nossos irmãos tanzanianos.

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE