Adolescente foge de casamento forçado na República Centro-Africana

Por não aceitar a filha cristã, o pai queria casá-la com um muçulmano

| 04/08/2021 - 06:00

A jovem conheceu o evangelho através do tio, que é pastor na República Centro-Africana (foto representativa)

A jovem conheceu o evangelho através do tio, que é pastor na República Centro-Africana (foto representativa)


A jovem Charlotte, de 12 anos, é uma cristã da República Centro-Africana que se converteu após o testemunho de um tio e pastor. Quando o pai da adolescente descobriu a fé dela, ameaçou agredi-la até a morte. Mas as coações não fizeram a jovem mudar de opinião, então ele mudou de tática. "Meu pai queria que eu me casasse com um muçulmano, um empresário de 45 anos", conta Charlotte. 

Charlotte é a filha caçula de uma família muçulmana com dez filhos na cidade de Bria. Um dos tios maternos dela é pastor e todos os parentes o visitavam com frequência. Era comum que ele pregasse o evangelho e Charlotte frequentasse a Escola Dominical sempre que estava com eles. Recentemente, durante uma dessas visitas, ela fez uma confissão pública de fé em Cristo e pediu para ser batizada.  

Quando o pai da adolescente soube disso, ficou furioso. "Eu lhe proíbo de ir à igreja ou visitar seu tio. Se você fizer isso, eu vou matar você, porque você me traiu", ameaçou o pai. Mesmo assustada como estava, Charlotte não conseguia ficar longe da igreja e sempre tentava frequentar as reuniões de oração. Mas o pai descobriu e ameaçou casar a filha com um muçulmano para acabar com a desobediência. 

As igrejas da região, ao ouvirem sobre a história da jovem, decidiram que seria mais seguro ajudá-la a fugir para a casa de uma tia, longe da região de Bria. Os parceiros da Portas Abertas no local forneceram assistência financeira para permitir que a adolescente continuasse a estudar e tivesse as necessidades supridas.  

Infelizmente, a história de Charlotte não é única. Quando meninas de origem muçulmana se tornam cristãs, as famílias muitas vezes as forçam a se casar com muçulmanos mais velhos. Isso acontece como maneira de proteger a família da vergonha de ter uma filha rebelde e dá ao marido o direito de corrigi-la usando pressão e violência. 

Pedidos de oração  

  • Por favor, ore para que Charlotte continue crescendo na fé e no amor por Jesus. Que ela seja suprida em todas necessidades.
  • Peça que os familiares da adolescente se entreguem a Jesus.
  • Clame pela família anfitriã, que Deus continue a providenciar tudo enquanto cuida de Charlotte. 

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE