Ajuda na hora certa para jovem cristã da Nigéria

Depois de trauma de ataque, Blessing tem sido acompanhada pela Portas Abertas

Semana passada, começamos a relembrar a história da jovem nigeriana Blessing Kogi, que perdeu nove membros de sua família em um ataque de militantes fulanis, em setembro de 2018. Desde então, a Portas Abertas está envolvida com ela. Oferecemos aconselhamento pós-trauma e sessões de discipulado e acompanhamento contínuos. Por meio das contribuições de nossos parceiros, também pudemos pagar mensalidades escolares e providenciar ajuda financeira para cobrir outras despesas escolares.

A ajuda veio no tempo certo, como expressou a jovem: “Estou sem palavras, não tenho palavras para responder. As aulas voltaram e a matrícula começou. Eu estava orando a Deus para intervir e enviar alguém para me ajudar. Receber essa ajuda hoje realmente confirma para mim que Deus não está morto. Ele está vivo e ciente das minhas lágrimas”.

Blessing continua dizendo: “Eu quero ser excelente nos estudos, para que aqueles que me deram esse apoio saibam que não me ofereceram seu dinheiro em vão. Há momentos em que enfrento tentação de me afastar de Deus e procurar outros meios de ajuda, mas Deus sempre envia anjos para suprir minhas necessidades. Hoje ele fez isso de novo. Esse suporte me ajudará a pagar as mensalidades, comprar livros e comprar lanche na escola. Que Deus abençoe os cristãos por essa ajuda que me deram”.

Ao mesmo tempo em que agradece, Blessing pede que continuemos orando por ela. Ela reconhece que, como jovem, passa por muitas tentações, mas entende que precisa da graça de Deus para dizer ‘não’ e permanecer com ele. Ela ainda compartilha mais um motivo de oração: “Eu também quero pedir oração por meu pai. Na noite do ataque, ele chegou em casa e encontrou os corpos de sua esposa, mãe e filhos. Desde então, ele não está normal”.

Pedidos de oração

Cura para a Nigéria

Você pode ajudar cristãos da Nigéria, como Blessing, a se recuperarem de seus traumas. Invista para que mais líderes sejam capacitados a ouvir e aconselhar cristãos que enfrentam dor por causa da perseguição violenta na Nigéria.