Atravessando fronteiras

| 14/10/2016 - 00:00


14-asia-central-entrega-de-biblias

Atualmente, há dezenas de países onde se obter uma Bíblia é algo impossível e praticamente um crime. Você já se imaginou nessa situação? Sem poder ler a Palavra, sem ter encontros periódicos com os irmãos para orar ou louvar a Deus? Pensando naqueles que são privados desses direitos, há colaboradores da Portas Abertas que se arriscam em missões perigosas e distribuem literatura cristã, como acontece em várias nações da Ásia Central.

O transporte de Bíblias e livros cristãos de um país para outro sempre envolve o risco de confisco. Nem tudo passa pelas fronteiras, devido à rígida fiscalização das autoridades desses países. Aqueles que se arriscam, precisam de “vários truques”. É claro que tudo gira em torno da justiça e da legalidade.

“Um dia, em uma das minhas viagens, um guarda de fronteira mudou seu semblante ao ver os livros que eu carregava na mala. Ele perguntou: ‘Esses livros são religiosos?’. Eu tinha que dar uma boa resposta para salvar aquele material. Então, pensei em abrir um deles e aconteceu de eu pegar justamente um que tinha como título: ‘Como gerir as suas finanças’. Estiquei o braço e disse: ‘Pegue, quero abençoar sua vida com um desses livros. Quem sabe tenha aí dentro as informações certas para leva-lo à prosperidade?’. Ele primeiro me olhou desconfiado, depois olhou para o livro – e provavelmente gostou – em seguida sorriu e perguntou: ‘Todos os livros são como este?’. Eu respondi: ‘Praticamente sim’. Suspirei aliviado e ele me deixou seguir em frente. Depois disso, tudo deu certo”, conclui um dos colaboradores da Portas Abertas.

Leia também
Cristãos se reúnem de maneira secreta na Ásia Central
Países da Ásia Central permanecem hostis ao cristianismo


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE