“Não posso negar que minha filha esteja entre os cristãos”

| 02/08/2017 - 00:00


Kadidja é uma menina cristã de 12 anos, que vive no norte de Camarões, com sua mãe e três irmãos mais novos. A região onde a família mora é dominada pelos muçulmanos. O pai da garota faleceu um tempo atrás e, desde então, sua mãe tem lutado para seguir em frente. A situação delas ficou um pouco mais difícil quando Kadidja foi diagnosticada com cirrose hepática.

Até agora não se sabe como ela contraiu a doença, os médicos dizem que pode ter sido causada por uma infecção viral por hepatite A ou B ou ainda por exposição a produtos químicos, entre outras possibilidades. A doença a faz sentir fraqueza e cansaço o tempo todo, além de apresentar manchas doloridas pelo corpo. Regularmente, ela precisa ir ao hospital para tratamento especializado.

Desde o seu diagnóstico, Kadidja entrou em contato com vizinhos cristãos e, nos últimos anos, ela se converteu ao cristianismo. Desde então, ela aproveitou todas as oportunidades para comparecer à igreja e ter comunhão com os irmãos na fé. “Quando estou na igreja, sinto-me à vontade, apesar de estar com o corpo doente”, confessa. A comunidade muçulmana não está feliz com isso e tem pressionado sua mãe, Haoua, por permitir que sua filha esteja com os “infiéis”. Ela também está recebendo ameaça deles.

Mas Kadidja está determinada. “Sua fé é notável”, disse um líder cristão local. “Não posso negar que minha filha esteja entre os cristãos, eles são tão bons para ela. Deram apoio espiritual e até material. Por tudo o que vi, eu também decidi entregar minha vida a Jesus. Cheguei a pensar que não veria minha filha em pé novamente, mas estou percebendo grandes mudanças agora. Ela está melhorando a cada dia”, conclui a mãe.

Motivos de oração

  • Agradeça a Deus pela vida de Kadidja e ore pela sua cura.
  • Recentemente, a garota se matriculou para o curso preparatório para o batismo. Ore pelos líderes que vão instruí-la, pelo seu crescimento espiritual e para que ela seja um testemunho em sua região.
  • Interceda pelos vizinhos cristãos que estão ajudando Kadidja durante esse processo;
  • Ore pela Igreja Perseguida em Camarões.

Leia também
“Temos que ganhar nosso próprio dinheiro, como o apóstolo Paulo fez”
“Eu decidi ficar com Cristo”


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE