Cerca de 41% da população da Coreia do Norte passa fome

Governo anuncia redução de rações diárias de 550 para 300 gramas de comida por dia

| 02/04/2019 - 12:00

Mulheres procuram comida em rio na Coreia do Norte, onde mais de 10 milhões de pessoas estão desnutridas

Mulheres procuram comida em rio na Coreia do Norte, onde mais de 10 milhões de pessoas estão desnutridas


Apesar da segunda cúpula entre os presidentes dos Estados Unidos e da Coreia do Norte, realizada em fevereiro, no Vietnã, a população da Coreia do Norte continua a sofrer de várias formas. O analista da perseguição da Portas Abertas, Thomas Muller, explica que de acordo com um relatório de 22 de fevereiro da agência de notícias Reuters, a Coreia do Norte admitiu estar enfrentando uma crise alimentícia.

Diante da falta de comida, a Coreia do Norte anunciou que cortaria as rações distribuídas ao povo de 550 gramas para 300 gramas de comida por dia. De acordo com o mesmo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) estima o que o número de pessoas desnutridas seja de 10,3 milhões, ou seja, 41% da população.

Thomaz Muller explica: “Apesar de não ser correto colocar toda a culpa nas sanções internacionais (como o governo da Coreia do Norte faz), isso mostra o quão terrível a situação para a população norte-coreana se tornou. Ao mesmo tempo, não se pode esquecer o que afirmou em janeiro deste ano o enviado especial da ONU, Tomás Ojéa Quintana, que ‘o país inteiro é uma prisão’”.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco