Conheça mais sobre o Dia Mundial Humanitário

Saiba por que a data foi criada e como a Portas Abertas está relacionada a esse dia

| 19/08/2020 - 16:30

Rose é uma cristã na Nigéria que, além de ser impactada pela pandemia do coronavírus, recentemente perdeu o marido em um ataque de um grupo islâmico extremista

Rose é uma cristã na Nigéria que, além de ser impactada pela pandemia do coronavírus, recentemente perdeu o marido em um ataque de um grupo islâmico extremista


O Dia Mundial Humanitário é celebrado no dia 19 de agosto e criado pela Organização das Nações Unidas (ONU). A data foi escolhida em memória ao ataque terrorista ocorrido em 2003 contra a sede da ONU em Bagdá, que feriu 150 funcionários e matou 22. O Dia Mundial Humanitário existe como forma de reconhecimento ao sofrimento de civis presos em zonas de conflito e homenagem àqueles que se dispõem a ajudar comunidades vulneráveis em áreas de conflito.

Entre os atingidos por essas situações, estão cristãos em diversos países que enfrentam perseguição por causa da fé. Com isso, muitos encontram dificuldade em conseguir comida, água e abrigo seguro por estarem em um ambiente hostil. Além disso, escolas são destruídas, crianças forçadas a lutar e mulheres são vítimas de abuso e violência. Muitas das pessoas que se dispõem a ajudar também são alvo de ataques.

Os colaboradores e parceiros da Portas Abertas podem se sentir homenageados pela data, já que grande parte do nosso trabalho é levar esperança aos cristãos perseguidos e hostilizados onde vivem. Entre as atuações, estão os afetados pela COVID-19 em países como Índia, onde até agora 10 mil famílias foram ajudadas com kits básicos que continham alimentos e itens de higiene.

Também há projetos na Nigéria, onde cristãos que perderam tudo por conta da violência do grupo radical islâmico Boko Haram recebem alimento, roupas, cobertores e suporte médico. Em países do Sudeste Asiático, onde a principal religião é o budismo, famílias cristãs pobres precisam lidar com a falta de recursos. Nesse caso, a Portas Abertas oferece capacitação para geração de renda. No Iraque, muitas casas afetadas pela guerra já foram reconstruídas e reformadas, mas muitas famílias ainda participam de programas de desenvolvimento psicossocial no país.

Além dos projetos já citados, a sua doação permitiu, em 2019, a distribuição de 1.873.503 Bíblias e literaturas cristãs, o treinamento bíblico de 3.840.360 pessoas, 718.770 pessoas beneficiadas por ajuda socioeconômica e 2.711.820 ações institucionais realizadas, entre elas assistência jurídica, presença e pesquisa. Você faz parte de tudo isso! Portanto, deixamos o nosso muito obrigado por permitir que nosso trabalho alcance cada vez mais a Igreja Perseguida.

Pedidos de oração

  • Interceda em favor dos cristãos perseguidos que vivem em países hostis ao evangelho e enfrentam perseguição por isso.
  • Apresente cada um dos parceiros e colaboradores da Portas Abertas que arriscam a vida para levar ajuda aos cristãos.
  • Ore em favor da Portas Abertas, para que cada vez mais pessoas possam conhecer e se engajar com a causa da Igreja Perseguida.

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE