Cristã descobre nova identidade em Jesus

Mulher perde pais e marido por seguir a Jesus no Norte da África

| 02/03/2022 - 08:00

Sarah apoia outras cristãs que enfrentam perseguição no Norte da África

Sarah apoia outras cristãs que enfrentam perseguição no Norte da África


A vida de uma mulher no Norte da África é repleta de desafios, alguns deles são os valores e princípios da cultura islâmica. Sarah (pseudômimo) nasceu nesse contexto, como filha de um imã (pregador na mesquita). O rigor da religião foi presente durante toda a vida dela e isso a afastou da fé dos pais. “Quando eu era criança, meus pais costumavam me dizer que Deus iria me torturar e punir no inferno, porque eu era teimosa. Tive mais temor por Deus do que amor e desejo de estar perto dele”, testemunha a jovem de 27 anos.

Na adolescência, Sarah deixou de crer no islã e, aos 16 anos, foi a uma igreja, onde ganhou uma Bíblia. Mas o real encontro com Jesus aconteceu dois anos depois, quando a garota encontrou cristãos no Facebook. Em segredo, ela lia a palavra de Deus que escondia embaixo da cama.

Consequências da fé

Durante um Ramadã, o pai da cristã encontrou a Bíblia e ela contou a verdade sobre sua conversão. O resultado disso foi agressão, expulsão de casa e difamação na comunidade onde vivia. Nesse momento, Sarah foi acolhida pelos irmãos na fé e apoiada pela Portas Abertas. Assista o vídeo abaixo e entende melhor a história de Sarah.



Mas a jovem sentia muita falta da família e resolveu fazer o que fosse preciso para se reconciliar com todos. Então ela se casou com um muçulmano tolerante ao evangelho. Porém, as coisas mudaram após o casamento. “Ele de repente se voltou contra mim, se transformou em outra pessoa. Eu experimentei agressão física, desrespeito, desconfiança. Eu senti que cometi um erro grave”, reconhece a cristã.

Sarah foi abandonada pelo marido e ignorada pelos pais, mas conseguiu o apoio que precisava na igreja. Ela participou do projeto Restauração e descobriu a nova identidade de filha amada de Deus. Ela não precisou mais tentar se encaixar nos padrões sociais onde vivia. Hoje, a cristã trabalha para ensinar e encorajar outras seguidoras de Jesus que enfrentam perseguição no Norte da África.

Apoie a restauração de mulheres

Assim como Sarah, centenas de mulheres têm um encontro com Jesus e perdem o valor diante da família, da comunidade e até das autoridades. Doe e  possibilite que mulheres cristãs tenham apoio espiritual e treinamento para resistirem à perseguição.

 


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE