Cristã é atacada pelos próprios parentes

| 22/12/2015 - 00:00


16-quirguistao-0250100288

Há pouco tempo, uma cristã do Quirguistão chamada Batima* foi atacada pelos próprios parentes, assim que eles souberam que ela está seguindo o cristianismo. ""Eles não aceitam que haja qualquer outra religião que não seja o islã em nossa comunidade"", disse ela.

A igreja no país é relativamente nova, se comparada aos outros países da região e, embora haja uma certa liberdade para cultuar a Deus, algumas áreas são totalmente dominadas pelos muçulmanos, por isso há um nível crescente de violência e os cristãos não são bem-vindos por lá.

Segundo informações dos últimos relatórios da Portas Abertas, Batima ficou gravemente ferida, no corpo e na alma, por causa de sua fé, mas foi socorrida pela equipe de colaboradores, que providenciou um local seguro até seu restabelecimento. ""A cristã se recuperou de seus ferimentos e contusões e agora está lutando para reaver seus documentos pessoais que foram confiscados pelo governo. Ore pela irmã Batima para que ela permaneça firme nos caminhos do Senhor"", pede um dos analistas de perseguição.

*Nome alterado por motivos de segurança.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE