Cristã é expulsa de casa

Após a conversão dela, o marido pediu divórcio e a expulsou de casa em Bangladesh

| 17/07/2021 - 06:00

Depois de entregar a vida a Jesus, Rubina passou a enfrentar perseguição do marido e foi expulsa de casa em Bangladesh (foto representativa)

Depois de entregar a vida a Jesus, Rubina passou a enfrentar perseguição do marido e foi expulsa de casa em Bangladesh (foto representativa)


A cristã Rubina* morava em uma pequena vila no sudoeste de Bangladesh junto com o marido e duas filhas, mas agora ela não tem onde ficar. A família dela a expulsou porque ela passou a seguir Cristo. Há cerca de cinco meses, Rubina se deparou com uma pequena igreja na aldeia, onde o pastor local estava ensinando sobre a Bíblia. 

Ela se interessou pelo que o pastor falava e quis saber mais. Por não ser cristã, ela tinha medo de entrar na igreja. Então, ela ouvia o culto do lado de fora do prédio, por uma janela, e ia regularmente para ouvir o ensino. Um dia, o pastor local a notou e percebeu que nunca a tinha visto antes. Quando percebeu que Rubina estava ouvindo as aulas de domingo do lado de fora, saiu para se apresentar a ela. 

O pastor perguntou a Rubina o que ela estava fazendo fora do salão e ela respondeu: "Eu amo o ensino, então estou ouvindo. Eu gostaria de entregar minha vida a Jesus e compartilhar isso com meu marido." Rubina correu para casa para contar ao marido sobre Jesus e como ela decidiu segui-lo. Mas o marido ficou muito zangado e bateu nela até feri-la em vários lugares do corpo. 

O marido de Rubina avisou-lhe para nunca mais ir à igreja e a impediu de continuar ouvindo os ensinamentos sobre Jesus, mas a cristã não conseguiu parar. Ela sabia que Jesus era real, e queria saber mais. Por isso, passou a ouvir os ensinamentos em segredo, mas foi pega e foi agredida novamente. (Essa notícia continua) 

*Nome alterado por segurança.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE