Cristão da Arábia Saudita agradece apoio e orações

Ahmad enfrenta a justiça por compartilhar o evangelho e a esposa dele está em cárcere privado na casa dos pais dela

A Portas Abertas contou a história de Ahmad* na Arábia Saudita, que estava sendo julgado por tentar converter muçulmanos ao cristianismo e por ter ajudado a irmã a deixar o país contra a vontade do marido dela. Além disso, a esposa do cristão ex-muçulmano estava mantida em cativeiro pelos próprios pais e irmãos e sendo forçada a pedir o divórcio do marido.

O cristão foi encorajado pelas orações e palavras de cristãos ao redor do mundo e agradeceu o apoio da família da fé. Confira a carta abaixo.

Meus irmãos e irmãs, não há palavras para descrever vocês, exceto dizer que estou contente e feliz por vocês serem meus irmãos no Senhor Jesus Cristo. As palavras de amor e apreço, as saudações e a sua lealdade mostram o que é a fraternidade. Saudações de coração para coração. Obrigado de todo meu coração pelo amor de vocês por mim, minha esposa e meus filhos.

Quero agradecer aos meus irmãos e irmãs que clamaram ao senhor Jesus por minha causa. Deus os abençoe. Fiquei muito feliz em ouvir do meu pastor que vocês oram por mim. Estou orgulhoso de vocês e de ter irmãos e irmãs que sofrem comigo.

É uma honra para mim ser um membro da família de Cristo e sacrificar minha vida e a vida de meus filhos e tudo o que tenho por causa da minha fé no Senhor Jesus.

O apoio moral de vocês me faz pensar no que está escrito na Bíblia, em 1Samuel 16.7, que diz: “Não considere a sua aparência nem sua altura, pois eu o rejeitei. O Senhor não vê como o homem: o homem vê a aparência, mas o Senhor vê o coração".

Devemos saber que todas as dores que encontramos e pelas quais passamos são apenas um dom que lhe apresentamos. O sofrimento e as experiências difíceis e trágicas não são nada comparados com a recompensa que iremos receber. Tento perceber que nosso sofrimento fará com que outros sejam abençoados e confiarão mais em Deus. O sofrimento humano faz com que os outros conheçam e percebam o sentido da vida.

Mesmo que às vezes nos cansemos de implorar frequentemente a Deus que nos ajude ou atenda nossos pedidos, não devemos desistir. Se perseverarmos na oração, mostramos que desejamos sinceramente ver a mão de Jesus em nossas vidas. Também aprendemos a discernir como ele responde às nossas súplicas.

Há momentos em que sentimos que é o fim, e há portas que sentimos que estão fechadas, e então descobrimos que há uma entrada por meio de Cristo. Não importa quanto tempo alguma coisa dure, não vai durar para sempre. Leve o relacionamento com Deus a sério. Ele sabe do que precisamos antes de pedirmos, assim como diz em Mateus 6.8: “...porque o seu Pai sabe do que vocês precisam, antes mesmo de o pedirem”.

Do irmão, Ahmad e família da Arábia Saudita.

* Nome alterado por segurança.

Pedidos de oração