Cristãos não são aceitos em diversos países e vivem deslocados

| 11/10/2015 - 00:00


13_Vietnan_0310105086

De acordo com informações da rádio Free Asia, no mês passado as autoridades do Camboja declararam que os montanheses fugiram do Vietnã por causa de uma grave crise econômica, e por conta disso, estão planejando repatriar os ""imigrantes ilegais"".

Um analista de perseguição comentou: ""Camboja não quer decepcionar o Vietnã, seu vizinho e grande companheiro comunista, mas as autoridades do Camboja já anunciaram que não será mais permitida a entrada de cristãos no país. Quer dizer que todo cristão será reenviado ao Vietnã"".

De acordo com a UCA News, nem mesmo os 13 montanheses que já receberam asilo, com a ajuda do escritório local do ACNUR (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados), serão autorizados a permanecer no Camboja. O ACNUR tem aconselhado que eles busquem outro país disposto a recebê-los. ""Isso mostra como tem sido difícil a vida dos cristãos montanheses que são obrigados a se deslocarem e nunca são bem-vindos em lugar nenhum"", conclui o analista.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE