Cristãos são expulsos de aldeia por não renunciar sua fé em Jesus

| 06/02/2015 - 00:00


06_Mexico_0040001474

Os líderes da comunidade já haviam acordado com o retorno dos cristãos. Esse acordo estava sendo mediado por funcionários do Estado que, acompanharam o retorno deles para a comunidade. Quando os funcionários de Chiapas e os cristãos chegaram à aldeia, foram proibidos de voltar, se não aceitassem as crenças e ritos religiosos da tradição indígena e o pagamento de tributos para a realização de atividades e festivais religiosos que envolvem bebidas alcoólicas, consumo de intorpecentes e alucinógenos.

O grupo, expulso desde 2012, vem negociando o retorno à aldeia desde novembro do ano passado e o governo do Estado já havia assegurado a reintegração dos cristãos, protegendo, inclusive a liberdade de religião deles.

A situação voltou a ser a mesma, depois que os cristãos não aceitarem a voltar à religião anterior e permanecer firme na fé em Jesus.

As negociações entre os líderes da aldeia e os funcionários do governo continuam, mas sem nenhuma expectativa de solução a curto prazo.

 


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE