Deus me chamou e eu não vou parar de compartilhar o evangelho

Cristã perseguida nas Filipinas continua firme na fé

| 16/10/2021 - 08:00

Precious continua a propagar o evangelho com os aldeões mesmo diante da perseguição

Precious continua a propagar o evangelho com os aldeões mesmo diante da perseguição


Precious*, uma cristã ex-muçulmana, entregou a vida a Jesus em 1990, quando quase tirou a própria vida, acreditando que não tinha mais propósito. Tudo mudou quando ela encontrou Cristo e percebeu que seu verdadeiro chamado era servir a Deus na região onde vive, nas Filipinas. 

 
Precious nasceu e cresceu em uma família islâmica e pertencia a uma tribo muçulmana conhecida por sua bravura. Ela sabia que não podia revelar a fé em Jesus aos familiares, então, por muito tempo, ela manteve a fé escondida. Um dia, a família descobriu sobre a fé da cristã e a chamava de traidora e “cobra” por se converter. Mesmo que a família a perseguisse verbalmente, Precious continuou a compartilhar o evangelho com ela e outros na comunidade. 

 
Nos últimos 31 anos, Precious tem servido a Deus, compartilhando o evangelho com muitos. No entanto, foi só recentemente, que ela foi notada pelos líderes da sharia – conjunto de leis islâmicas. Eles descobriram que Precious estava compartilhando sobre Jesus com as pessoas na comunidade usando a Bíblia na língua nativa, e muitas pessoas começaram a seguir Cristo a partir dessa atitude da cristã. 

 
Essa batalha não é minha 

A notícia de que os líderes da sharia já sabiam que ela era cristã e compartilhava o evangelho foi levada por membros da família até Precious. “Estou dizendo isso porque te amo", explicou um parente dela. Precious tem compartilhado o evangelho com esse parente por mais de dez anos, mas ele ainda não aceitou a Cristo. 

 
Precious sabe que a qualquer momento pode ser pega por esses líderes e ser potencialmente executada. Ela está tomando precauções. Desde que ela e os cristãos na área souberam sobre as recentes ameaças, a notícia tem os afetado. Eles pararam de se reunir para desviar as suspeitas, pois os cristãos da região são colocados em perigo quando descobertos.  

 
Apesar da situação, Precious e outros seguidores de Jesus da comunidade nas Filipinas têm mantido as promessas de Deus. “Deus me chamou e eu não vou parar de compartilhar o evangelho. Esta batalha não é minha; ela pertence ao Senhor”, compartilhou. Precious diz que se sente como Davi diante de Golias. Ela está confiante de que Deus está com ela e a guiará, e que o que quer que aconteça será a vontade de Deus. Ela diz que a perseguição é uma fonte de alegria para ela, porque Deus está agindo. Parceiros locais da Portas Abertas estão mantendo contato com a cristã, orando com ela e encorajando-a durante esse momento. 

 
*Nome alterado por segurança. 

 
Pedidos de oração 

  • Ore por Precious enquanto ela continua a compartilhar o evangelho com a família e outros na comunidade.  
  • Interceda por segurança para a cristã, já que outros líderes religiosos suspeitam dela e ela pode enfrentar severa perseguição se o pior acontecer. 
  • Clame também pelo ministério de Precious, apesar dos desafios. Peça a Deus para abrir caminho para que ela compartilhe o evangelho e seja uma bênção para a comunidade. 

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE