Educação cristã transforma vidas ao redor do mundo

Capacite cristãos ex-muçulmanos na China por meio do discipulado

Hoje é celebrado o Dia da Educação Cristã, data que foi criada em 1822, quando nasceu José Manuel da Conceição. Ele foi o primeiro pastor protestante brasileiro e teve grande interesse em levar Jesus para o interior do país. O líder tinha como missão oferecer instrução religiosa aos mais humildes moradores da antiga colônia portuguesa. Um dos pilares de atuação da Portas Abertas, além da distribuição de Bíblias e literatura cristã, é o treinamento para que os cristãos respondam à perseguição de maneira bíblica.

Na China, os cristãos de origem muçulmana enfrentam a perseguição de maneira severa. Os parceiros da Portas Abertas no país trabalham para fortalecer e encorajar os seguidores de Jesus que lidam com a perseguição vinda de familiares, amigos, membros da comunidade e autoridades do país. Nesse momento, é importante fortalecer os seguidores de Jesus por meio de treinamentos e discipulados.

Pearl* é uma parceira da Portas Abertas que trabalha com cristãos ex-muçulmanos na China. Ela afirma que a rejeição da família e amigos é apenas um dos desafios enfrentados por esse grupo de cristãos no país.

“Nós ouvimos as necessidades e dificuldades dos seguidores de Jesus e os confortamos usando a palavra de Deus. Realizamos também treinamentos bíblicos para os ajudar a entender a salvação e experimentar o amor de Jesus. Isso tem ajudado os cristãos a permanecerem fortes na perseguição”, conta a parceira.

Capacite irmãos na China

Neste Dia da Educação Cristã, fortaleça e encoraje os cristãos ex-muçulmanos na China através de programas de discipulado. Através de suas orações e doações, você leva apoio e força para que eles permaneçam firmes na fé de modo inabalável e saibam enfrentar a perseguição de forma bíblica. Doe e leve educação cristã para seguidores de Jesus na China.

*Nome alterado por segurança