Em carta, Daniela agradece parceiros da Portas Abertas

Um ano após comemorar o Natal no Abrigo Lar Cristão, a adolescente cristã conta como está a vida da família

| 30/12/2020 - 06:00

Daniela escreveu uma carta em agradecimento à ação dos parceiros da Portas Abertas na Colômbia

Daniela escreveu uma carta em agradecimento à ação dos parceiros da Portas Abertas na Colômbia


A Portas Abertas contou a história de Daniela, uma menina de 12 anos que vive na Colômbia e sabe o que é enfrentar a perseguição por amor a Jesus. O pai da pequena cristã foi morto por guerrilheiros e agora ela vive sozinha com a mãe Alba e o irmão Sebástian, de cinco anos. Porém, a família Salcedo Molina descobriu na prática que Deus estava cuidando dela por meio de um projeto da Portas Abertas.

Após a morte do pastor Plínio Salcedo, uma equipe local visitou os cristãos e propôs a mudança de casa, para que pudessem viver em um local mais seguro. Em 2019, Daniela e a família também foram convidados especiais na festa de Natal no Abrigo Lar Cristão. Na ocasião receberam muito carinho na recepção e puderam passar quatro semanas brincando sem se preocupar com o assédio dos guerrilheiros.

Um ano se passou e a pequena Daniela ainda lembra da celebração do nascimento de Jesus com outros cristãos colombianos. Por isso, ela escreveu uma carta contando como a família está. Leia abaixo.

Olá!

Meu nome é Daniela Salcedo Molina, tenho 12 anos e moro na Colômbia. Agradeço a Deus e a cada um de vocês por tudo o que fizeram por mim, por meu irmão Sebastián e por minha mãe Alba.

Nós estamos muito felizes, apesar de tudo o que vivemos. Gostamos de passar tempo juntos, brincando com quebra-cabeça e outros jogos. Embora às vezes tenhamos dias tristes, apoiamos uns aos outros como família. Há dias em que nos lembramos de nosso pai, mas fico feliz em saber que ele está em um lugar melhor.

No ano passado, estive no Abrigo Lar Cristão para celebrar o Natal. Minha família e eu nos sentimos bem lá. O cristãos que moram lá nos receberam tão bem, foi uma honra conhecer todos e saber que eles se importam e oram, não só por nós, mas pelas crianças de todo o mundo. Gostei muito do lugar; as montanhas e as paisagens são lindas e as pessoas são muito queridas.

Para mim, o Natal é lembrar que Jesus só veio a este mundo para nos salvar, embora não mereçamos. Não tenho palavras para expressar minha gratidão a todos que oram por nós. Quero dizer àqueles que enfrentam perseguição que nosso Deus é fiel e nos ajuda em todos os momentos. Anime-se!

P.S.: Este ano recebemos ajuda para morar em uma casa nova. Agora vivemos no Cáucaso. Gosto da casa porque é confortável e simples.

Daniela Salcedo Molina

Socorra os filhos de cristãos perseguidos

Assim como Daniela, outras crianças e adolescentes cristãos enfrentam a perseguição desde cedo por causa do amor a Jesus. Por isso, a Portas Abertas convida você a investir para que os pequenos cristãos colombianos tenham proteção, cuidado e educação, enquanto as famílias também são assistidas nas necessidades básicas. Doe agora e seja canal do amor de Deus!


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE