Entenda porque o Marrocos entrou na Lista 2019

Com a divulgação de novas informações, os índices de pressão e violência aumentaram comparados às médias do ano anterior

| 22/01/2019 - 00:00

Nos últimos cinco anos, a média de pressão aos cristãos teve um aumento muito grande no país

Nos últimos cinco anos, a média de pressão aos cristãos teve um aumento muito grande no país


O Marrocos, com 63 pontos, chegou à 35ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2019. A pontuação no ano anterior foi de 51 pontos, deixando o país fora dos 50 países apresentados na lista. Esse aumento na pontuação ocorreu devido a um entendimento mais amplo da situação, por meio de novas informações disponibilizadas que alteraram os índices de pressão e violência.

A média de pressão aos cristãos está em um nível muito alto - 12,3 pontos de um total de 16,7 - subindo de 10,1 do ano de 2018. A pressão está extrema na esfera da Igreja (14,4 pontos), o que reflete as limitações que as igrejas expatriadas enfrentam ao tentar compartilhar sua fé com outros e como o governo tem efetivamente estrangulado a comunhão entre comunidades de convertidos.

A próxima pontuação mais alta é encontrada na esfera da família (13,3 pontos), que reflete a pressão que os convertidos enfrentam quando querem praticar sua nova religião em público: se batizando, casando ou até mesmo ao tentar fazer um enterro de uma forma cristã. Eles enfrentam pressão da família, sociedade e até mesmo do governo, principalmente nas áreas rurais.

Já a pontuação da violência subiu de 0,6, média de 2018, para 1,5, em 2019. A razão desse ganho é o aumento dos incidentes relatados. Nos últimos cinco anos analisados, a média de pressão teve um aumento muito grande, chegando ao nível atual. Isso fica evidente pelo fato do país não entrar no Top 50 em outros anos.

Pedidos de oração

  • Ore para que mais pessoas sejam alcançadas pelo amor de Cristo e que haja mais liberdade para os cristãos.
  • Interceda para que haja uma maior aceitação da fé cristã no país.
  • Apresente a falta de literatura cristã e Bíblias em árabe para cristãos locais.

Leia também
Marrocos proíbe casamento forçado e violência sexual
Jovens vivem como cristãs secretas no Marrocos
Cristãos marroquinos celebram Natal em igrejas domésticas


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE