Guerra no Sudão atinge milhares de cristãos

| 18/12/2015 - 00:00


18-sudan-0380101126

A Igreja Perseguida no Sudão, especificamente na região dos Montes Nuba, situada no estado Cordofão, teve um acordo de paz que colocou fim à guerra entre o norte islâmico do Sudão e o sul cristão, no ano de 2005. Mas o acordo falhou em fornecer claramente as delimitações entre as fronteiras, em três áreas: Nuba, Blue Nile e Abyei.

""A separação do Sudão do Sul, em 2011, causou uma tensão imediata nessas zonas fronteiriças, especialmente nos Montes Nuba, onde uma grande comunidade cristã vive. O governo sudanês permaneceu dedicado à aplicação da lei sharia, e um exército rebelde começou uma batalha por maior autonomia e liberdade religiosa"", comenta um dos analistas de perseguição.

O governo do Sudão respondeu através de uma campanha brutal para reprimir a rebelião. ""Ou seja, agora há uma guerra contra os civis cristãos. Bombardeios frequentes ferem e matam muitos e destroem edifícios e plantações. A Portas Abertas está ajudando os cristãos e os ensinando a sobreviver e ficar de pé, como igreja de Cristo. Para isto, está equipando os líderes, apoiando as escolas das igrejas e realizando seminários de incentivo"", conclui o analista.

Motivos de oração

  • Ore pela igreja no Sudão, para que os líderes sejam fortes nesse momento de guerra.
  • Os novos convertidos precisam de um lugar para estudar a Bíblia, peça a Deus para que providencie salas, já que há muitas igrejas estão sendo destruídas.
  • A igreja precisa ser fortalecida, ore para que os sudaneses espalhem a semente do evangelho, mesmo em meio ao sofrimento.
  • Agradeça a Deus pela paz que vivemos em nosso país, e ore pela paz no Sudão.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE