A história de uma mulher idosa vietnamita

| 15/02/2004 - 00:00


Lulu* é uma mãe de 60 anos. No primeiro semestre de 2003, a polícia deu batidas em seu vilarejo e prendeu algumas pessoas. Quinze homens foram levados, inclusive seu filho Dong*. Dong era o responsável pela família e ele estar na prisão significava que nenhuma comida chegaria até a mesa de Lulu. Houve situações onde ela teve de pedir mandioca a outros moradores para matar a fome. Em um momento de desespero, Lulu entrou na floresta para caçar algo para dar para sua filha comer.

Apesar de Lulu querer ir ao mercado, o mais próximo de sua casa leva um dia inteiro de caminhada. Desde que seu filho foi preso, ninguém veio em sua ajuda, tornando sua vida e a de sua filha pequena realmente difíceis.

Lulu conheceu o Senhor há cerca de um ano, através de um evangelista, que também foi preso. Temendo graves conseqüências pela conversão, a família de Lulu manteve segredo quanto à nova fé. Logo, todo o vilarejo veio a conhecer o Senhor Jesus e as pessoas ficaram mais destemidas. A igreja tornou-se vibrante e muitos estavam ativamente envolvidos no ministério, inclusive seu filho, Dong. Quando a polícia chegou ao vilarejo deles, levou todos os que eram ativos na igreja.

Não tenho medo de nada. Posso dizer com firmeza que não tenho medo que a polícia venha à minha procura, diz Lulu.

Ela e os membros de sua igreja continuam seguindo a Cristo, apesar da insegurança. Os membros de sua igreja continuam reunindo-se para orar e para ouvir programas de rádio, já que não existe ninguém que os lidere neste momento.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE