Viúva ora pela última "vingança": a conversão dos assassinos

| 25/10/2007 - 00:00


“Agora, Deus o levou de volta. Ele é o que dá e leva. Assim como eu posso estar brava com Deus, que está cima de tudo?". Leia mais sobre a morte de Necati Aydin aqui. Na realidade, Semse Aydin está orando ativamente para que pelo menos um deles se arrependa e venha para a fé de Cristo. "Esta é a última vingança, não é?", diz Semse Aydin.

O processo de voltar a Malatya no início de setembro para fazer as malas e mudar de casa foi como "uma faca em meu coração", disse ela ( leia mais).

Ela também venceu a tensão para visitar os parentes de outra vítima turca, levando conforto e compartilhando a esperança da mensagem de Cristo com eles.

Há momentos encorajadores, lembra a viúva, como encontros com crentes cristãos em Malatya que se aproximaram pela fé e pelo testemunho dela e do marido, que havia sido o pastor deles.

Apesar da dor, Semse Aydin deu declarações públicas à mídia turca dois dias depois da morte do marido, declarando que ela perdoava os cinco culpados, que estão presos, confessaram o crime e aguardam pelo julgamento (leia mais).

"Não foi fácil dizer ‘eu perdôo os assassinos. Para ser honesta, meu coração está quebrado e sinto a minha vida quebrada. Eu realmente amei Necati. Ele era o amor de minha vida, meu amigo mais íntimo. Mas há alguém que eu amo mais, que é Jesus. Só por causa disto, posso agüentar tudo isto", disse Semse Aydin, uma das viúvas de Malatya.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE