CL Rozária relata como foi o DIP 2008, só para mulheres

Conforme divulgamos em nosso relatório sobre o Domingo da Igreja Perseguida (DIP) 2008, a forma de apresentar a realidade dos cristãos perseguidos e envolver a sua congregação muda de lugar para lugar. A nossa correspondente local (CL), Rozária Soares, acaba de nos enviar um relato de como foi a organização do DIP em sua igreja. Um dia dedicado só para mulheres. Leia a seguir o testemunho dela: 

"Desde que li o primeiro livro da Anneke Companjen, Lágrimas e Sorrisos, senti o desejo de fazer um trabalho direcionado exclusivamente às mulheres,sobre as irmãs da Igreja Perseguida. Fiquei imaginando como seria bom compartilhar com as irmãs da minha igreja o testemunho destas mulheres, mas por inúmeros motivos acabei engavetando esse projeto.

Entretanto, quando comecei a ler o segundo livro da Anneke, Cantando na Escuridão, não resisti e achei que não podia deixar passar mais esta oportunidade. Embora já estivesse quase às vésperas do DIP 2008, consegui realizar o trabalho com ajuda do meu amado, Carlos, e de mais dois irmãos da minha igreja: o Wellington que cuidou do louvor e o Zé Ricardo que operou o som. De resto, havia só mulheres.

Bom, o trabalho foi bem simples. O Carlos fez uns slides com as fotos de algumas de nossas irmãs da Igreja Perseguida e cada um trazia um resumo da vida delas, acrescido de pedidos de oração.

À medida que os slides eram apresentados eu ia comentando um pouco sobre a história delas e pedia que alguma irmã orasse. Foi maravilhoso ver todas aquelas irmãs orando e chorando pelas mulheres da Igreja Perseguida.

A reunião foi muito edificante, pois muitas irmãs da igreja não tinham noção do quanto é difícil ser mulher no contexto da Igreja Perseguida.

Comoção

Apesar de sempre mencionarmos a Igreja Perseguida, desta vez nosso DIP foi diferente. Enquanto apresentávamos com detalhes os sofrimentos, as dificuldades que essas mulheres enfrentam e que, mesmo assim, elas permanecem firmes nos caminhos do nosso Senhor Jesus Cristo, toda a igreja foi tomada de comoção.

Após a reunião, vários exemplares do último livro da Anneke foram comprados. Creio que todas as irmãs que o adquiriram serão tão abençoadas tanto quanto eu fui. Afinal, os testemunhos relatados no livro servem não apenas para nos fortalecer em meio às dificuldades, mas também para nos despertar a um compromisso diário de oração por elas. Depois desta experiência, não consigo falar de dificuldade e sofrimento da mesma forma que antes.

A Palavra de Deus, que diz: “De maneira que, se um membro sofre, todos sofrem com ele; e, se um deles é honrado, com ele todos se regozijam” (1Co 12.26), se cumpriu naquela tarde. Que Deus nos permita realizar outros trabalhos como este e que muitas irmãs se sintam encorajadas a fazerem o mesmo, para a Glória de Deus Pai. "

Em Cristo,
CL Rozária Soares

Para entender o que é o Domingo da Igreja Perseguida (DIP), clique aqui.

Se você organizou o DIP e ainda não é oficialmente um Correspondente Local (CL), mande um email para nós e saiba como atuar de forma ainda mais expressiva e contribuir com os talentos que o Senhor te deu no socorro aos irmãos que estão sofrendo por causa da fé em Jesus. Confira aqui o relatório do DIP 2008.