Eles precisam das nossas orações neste Natal

| 01/12/2008 - 00:00


A Igreja Ortodoxa Etíope costuma ter celebrações bem coloridas no Natal e na Páscoa. O ortodoxismo está na história pessoal de muitos cristãos protestantes na Etiópia.

Eles são cuidadosos para evitar associação com as práticas tradicionais ortodoxas e evitam rituais elaborados durante as festas do Natal. Em geral, a Páscoa é mais importante para os protestantes na Etiópia do que o Natal.

Cristãos protestantes não têm o costume de trocar cartões ou presentes durante o período de Natal. Em vez disso, eles participam do culto na igreja e, na maioria das vezes, organizam campanhas de evangelismo. Os cristãos vêem esse feriado como uma oportunidade de testemunhar sobre Cristo.

Nas áreas onde os cristãos são minorias, eles costumam enfrentar muita oposição da vizinhança.

Cristãos de Demala Lanka

Esse é o caso da igreja de Demala Lanka. Essa igreja está numa área dominada por mulçumanos da região de Hadiya e tem usado cada oportunidade para testemunhar sobre Cristo. Na última Páscoa, membros de duas igrejas foram atacados. Entretanto, esse incidente não foi o primeiro ataque à igreja em Demala Lanka.  

Em dezembro de 2007, cristãos também usaram a ocasião do Natal para evangelizar. Antes do dia 25 de dezembro, um grupo de jovens da igreja em Demala Lanka estava conversando sobre a Bíblia com alguns aldeões. Os mulçumanos se interessaram pelo evangelho e continuaram a conversa com mais detalhes. Falaram sobre a incorruptibilidade da Bíblia durante três semanas. No entanto, outros mulçumanos do vilarejo ouviram sobre essa conversa e ficaram nervosos.

Quando chegou o dia do Natal, os membros da igreja participavam de um culto, da maneira de costume. Após o culto, todos foram para casa. No caminho, mulçumanos armaram uma emboscada. Apareceram de todos os lados e começaram a agredir o grupo de cristãos.

“Nós não fizemos nenhuma celebrações nas ruas. Os membros da igreja estavam voltando para casa. Mas, de repente, os mulçumanos os cercaram e os agrediu. Tentamos perguntar o porquê daquilo, mas eles não responderam. Depois disso, fizemos um apelo ao administrador do distrito. Como de costume, ele não fez nada para nos ajudar. Mas não perdemos as esperanças, continuamos a confiar em Deus. Quando tentamos celebrar a Páscoa (este ano) eles aumentaram os ataques” explicou o líder da igreja.

À medida que o Natal se aproxima, os membros da igreja esperam outro ataque. Apesar disso, planejam continuar a testemunhar sobre Cristo e até organizar algum programa de evangelismo durante o período natalino.

Vamos orar pelos cristãos de Demala Lanka, para que continuem a confiar em Deus em meio a tantas oposições. O testemunho fiel da igreja serve como encorajamento para outros cristãos que estão frustrados com o tratamento que têm recebido. Ore para que sejam prudentes como as serpentes e simples como as pombas.

Chaltu Waga

Outra etíope que necessita das nossas orações para este Natal é Chaltu Waga, a viúva de Tulu Mosisa, morto em Nensebo Chebi em março. Chaltu Waga tem 40 anos e agora é responsável pelo crescimento e educação de seus filhos.

Este será o primeiro Natal sem seu marido. Será com certeza um tempo difícil para ela e especialmente para seus filhos. Os líderes da igreja estão fazendo o que podem para ficar ao lado da família, mas Chaltu ainda tem fortes lembranças de seu marido que se esforçou muito para sustentar a família.

A Portas Abertas tem monitorado a situação de Chaltu de perto. Suas necessidades físicas estão sendo atendidas. No momento, eles estão consumindo o que têm armazenado e se alegram com a ajuda dos cristãos da região. Entretanto, nós sentimos que a família precisa ser encorajada e queremos pedir para que sejam enviadas cartas de encorajamento para Chaltu e seus filhos. Participe da campanha de cartas para Chaltu e sua família.

Pedidos de oração

• Vamos orar para que Deus seja o encorajador e a fonte de alegria dessa família na sua nova situação. 

• Ore pela vida da Chaltu que, certamente, irá sofrer com a experiência de passar o Natal sem seu marido. Ore para que sinta a bondade de Deus em sua família e lembre-se de que Ele está encarregado do futuro deles.

• Ore pelas crianças, que costumavam ser muito encorajadas em seus estudos pelo seu pai. Eles devem estar sentindo a falta da motivação paternal. Os dois filhos mais velhos receberam a responsabilidade de ajudar no sustento da família junto com sua mãe. O mais velho, Ketema, 24 anos, deixou os estudos este ano para ajudar a família. Vamos orar para que possam olhar para o futuro com esperança.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE