A obra de Deus tem sido realizada no norte da África

“Muito obrigado por todo o amor que foi demonstrado a mim e por todas as orações pela viagem que fiz para visitar os recém convertidos do norte da África. Obrigado por fazer parte do que têm acontecido ali através das suas orações, apoio e amor. Certamente não faríamos nada sem os seus joelhos dobrados em favor de nós”, escreveu um de nossos colaboradores do norte da África.  Ele visita constantemente todos os novos convertidos. Nessa viagem, ele tinha um amigo a seu lado.

“Antes de falar a respeito da viagem, quero relatar um sonho que tive. Nele eu estava nas costas de uma águia! Isso se tornou realidade, Deus nos carregou em suas costas nos mantendo em segurança durante toda a viagem. Eu receava fazer o percurso por causa da situação ruim que me falaram que o país se encontrava, mas - como sempre - Deus me deu muita paz e confirmação para que eu pudesse ir. Um dia antes de partirmos, Deus me abençoou e pude testemunhar em minha própria região a conversão de uma mulher, filha do imã local. Tudo ocorreu bem e Deus proveu o que precisávamos e com abundância. Foi algo realmente glorioso ver como Deus cuidou de todos os detalhes.   

Conseguimos chegar em segurança até o lugar programado e alcançamos graça diante dos oficiais dos postos de fiscalização e dos policiais. Eu lhes explicava que meu amigo estava comigo para visitar uma família na região. Era um pouco assustador, já que tínhamos algumas Bíblias e outros materiais cristãos conosco.

Nos encontramos com a família que estávamos indo ajudar e foi uma grande alegria estar novamente com ela. Passamos bons momentos ali e meu amigo teve uma experiência realmente transformadora. Ficamos na casa da família por duas noites e, depois disso, procuramos um hotel na cidade.

Algumas mulheres da família nos levaram até alguns lugares históricos e nos divertimos muito nesse passeio. A nora da família viu as fotos que estavam em nossa câmera e encontrou algumas imagens de um casamento de uma cristã. Ela nos questionou se éramos cristãos ou não e evidentemente não negamos, por isso, ela repetiu a pergunta. Ao respondermos, a nora teve uma reação negativa, mas seu marido, que estava sentado do seu lado, afirmou que a fé é uma escolha pessoal. Na verdade, era até melhor que mais pessoas da família soubessem a respeito da minha fé. A notícia já deve ter se espalhado por toda a família agora.

Nós também conhecemos um homem muito conservador, que mora no Oriente Médio, e que nos perguntou acerca de uma versão online da Bíblia. Conversamos abertamente com ele, mas com muito respeito. Discutimos durante quase duas horas sobre as diferenças entre as duas religiões. Ele era formado em direito religioso e tinha alguns amigos que tinham se convertido ao cristianismo. Portanto, ele só queria descobrir porque os amigos tinham mudado de fé. Foram momentos muito agradáveis. Nós lhe demos uma Bíblia de estudo e alguns livretos cristãos sobre o tema da conversão. Ele parecia muito interessado e ansioso por saber mais. Ele até nos ofereceu ajuda se precisássemos de qualquer coisa.

Peça a Deus por nossa proteção, sem a ajuda de Deus nós nunca poderíamos ter feito o que fizemos.

No dia seguinte, nós nos encontramos com outro jovem recém convertido. Foi realmente abençoador estar com ele. Quem imaginaria que nós iríamos ali para encorajá-lo? Na verdade, ele nos encorajou através de todas as coisas que Deus fez em sua família. Ele terminou de ler os estudos sobre o Novo Testamento e todo o material que eu havia deixado com ele em minha última visita. Seus irmãos e sua irmã também se converteram. Ele falou a respeito de sua fé para os pais, porque pensava: “Como eles podem ser salvos se nunca ouvirem a respeito de Jesus?”. Os pais ficaram chocados com sua ousadia. O pai dificultou muito sua vida e tentou persegui-lo de diversas maneiras. O irmão mais novo e a irmã negaram a fé, mas o irmão mais velho não.

Ao invés de desistir, ele começou um culto doméstico em seu quarto com dois de seus irmãos e, às vezes, com as irmãs também, duas vezes na semana. Ele não sabia o que ensinar a eles, por isso, começaram a pedir que Jesus se juntasse a eles para ensiná-los. Eles louvavam, oravam, liam e discutiam a Bíblia juntos. Ele começou a explicar a eles o quão próximo Jesus estava e que podiam confiar nele e obedecê-lo em amor sem medo. Ele tem os ajudado a enfrentar o sentimento de culpa causado pelo fato de que inicialmente eles haviam negado a Jesus.

A mãe deles tem sido cada vez mais flexível com eles, mas o pai ainda é bastante duro. “É uma grande honra ser perseguido por causa de Jesus. Ele nos diz na Bíblia que nós não estamos na Terra para descansarmos, mas para sermos luz e lutarmos contra Satanás com o poder de Deus.” Isso foi ele quem disse - um recém convertido de apenas 18 anos de idade. Entregamos a ele uma Bíblia de estudos completa e outros livros cristãos que ele pediu. Ele nos prometeu que sua pequena igreja iria orar por nós e por nossas outras visitas.

Sendo observado

Era muito evidente que estávamos sendo observados o tempo inteiro, mas nós confiamos que Deus nos faria invisíveis sempre que precisássemos. Ele simplesmente nos carregou em suas asas de águia...

Após nos encontrarmos com esse último convertido, recebi à noite um telefonema estranho que durou uns cinco minutos. Alguém estava fazendo o possível para me manter ao telefone me perguntando coisas estranhas e me fazendo algumas ofertas esquisitas, como se quisesse que eu ficasse na linha para descobrir onde eu me localizava. Dobramos os joelhos e pedimos que Deus nos protegesse. Ele cumpriu a promessa, por isso, glórias sejam dadas somente ao seu nome.

Voltamos para a casa da primeira família e ficamos mais uma noite com eles. Foi muito bom estarmos juntos mais uma vez. Tudo parecia muito bem, a não ser o fato de que eles tinham muito mais questionamentos sobre nosso trabalho e nossa vida pessoal. 

Muito obrigado por fazer parte disto, sem suas orações e apoio talvez nunca pudéssemos fazer o que temos feito. Deus abençoe a todos.”

Êxodo 19.4-6
“Vocês viram o que fiz ao Egito e como os transportei sobre asas de águias e os trouxe para junto de mim. Agora, se me obedecerem fielmente e guardarem a minha aliança, vocês serão o tesouro especial dentre todas as nações. Embora toda a terra seja minha, vocês serão para mim um reino de sacerdotes e uma nação santa. Essas são as minhas palavras que você dirá aos israelitas”.