Igreja que abriga cristãos é atacada na Armênia

Catedral foi bombardeada duas vezes na mesma semana, durante forte onda de violência

| 25/10/2020 - 06:00

A Catedral, também conhecida como Catedral de Cristo o Salvador, foi construída entre 1868 e 1887 e é um símbolo histórico do país

A Catedral, também conhecida como Catedral de Cristo o Salvador, foi construída entre 1868 e 1887 e é um símbolo histórico do país


A Catedral de Ghazanchetsots em Shushua, na Armênia, foi alvo de diversos bombardeios na semana passada. Ela abriga cristãos da região de Nagorno Karabakh, um território de disputa entre a Armênia e o Azerbaijão, onde a violência tem aumentado devido aos muitos conflitos.

O primeiro ataque ocorreu no dia 8 de outubro e, felizmente, não deixou feridos. Em um segundo bombardeio, algumas horas depois, 10 pessoas ficaram feridas, entre elas, três jornalistas. Nos ataques foram usados mísseis guiados e drones. Os cristãos acreditam que as motivações sejam religiosas, já que o armamento usado era de alta precisão e a igreja não seria bombardeada por engano.

As autoridades armênias acreditam que o ataque partiu de um grupo extremista do Azerbaijão, mas os radicais negaram a autoria do incidente. O Ministério da Defesa do Azerbaijão disse que o exército "não tem como alvo edifícios e monumentos históricos, culturais e, especialmente, religiosos". Dois dias depois, mísseis atingiram uma área residencial na cidade de Ganja, Azerbaijão, deixando sete mortos.

A luta entre os dois países pelos direitos territoriais de Nagorno Karabakh, resultou na morte de pelo menos 500 pessoas, incluindo mais de 60 civis. Embora a região seja controlada por armênios, que são cristãos em sua maioria, o território é reconhecido como parte do Azerbaijão, país de maioria muçulmana. "Embora o conflito não seja principalmente sobre religião, os cristãos serão fortemente afetados”, relatou uma testemunha local. 

Pedidos de oração

  • Ore para que a paz seja estabelecida entre os dois países e que Deus guarde o povo.
  • Interceda pelos cristãos que enfrentam perseguição e encontram abrigo nas igrejas locais.
  • Clame para que Deus dê sabedoria aos líderes governamentais, para que trabalhem na suspensão dos ataques.

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE