Interceda pelas eleições na Síria

A população vai às urnas escolher o próximo presidente

Hoje, acontecem as eleições na Síria para eleger o governante que comandará o país pelos próximos sete anos. Os sírios acreditam que o atual presidente, Bashar al-Assad, será reeleito e continuará no poder. Existem dois outros candidatos, mas eles não puderam realizar campanhas e nem apresentaram os planos de governo até 2028, como Assad fez.

Os outros dois candidatos são Mahmoud Ahmad Marai, da Frente Democrática Síria, e Abdullah Salloum, um ex-vice-ministro do gabinete. É a segunda vez que os sírios têm a possibilidade de votar em mais de uma pessoa durante as eleições presidenciais desde que Assad está no poder. Porém, a maioria da população não espera mudanças depois das eleições.

“As pessoas dizem que estão otimistas, pois muitos apoiam o presidente e os outros candidatos são desconhecidos para nós. As pessoas estão muito desanimadas e devastadas por causa da crise. Há falta de combustível, eletricidade e estamos em uma crise econômica. Precisamos de um milagre na Síria”, compartilha uma cristã de Alepo.

Além disso, nem todos os sírios podem votar e só podem ir às urnas pessoas que vivem em áreas controladas pelo governo. Isso exclui os sírios que vivem em províncias e áreas curdas no norte e nordeste do país. 

Assad chegou ao poder em 2000 após a morte súbita de seu pai, que era o presidente sírio desde o início de 1971. Depois que a guerra na Síria começou, em março de 2011, o governo decidiu permitir que outros concorressem à presidência também. Nenhuma campanha real acontece e a maioria dos sírios mal conhece os planos dos outros candidatos.

Assistência aos cristãos sírios

Mesmo após 10 anos de guerra, os cristãos sírios ainda enfrentam as consequências dos conflitos. Muitos ainda têm dificuldade para conseguir alimento, assistência médica e auxílio profissional. Por meio da sua oração e doação, você leva esperança aos cristãos na Síria afetados pela guerra.  Fortaleça os cristãos sírios!

Pedidos de oração