Líder cristão é morto em ataque na Síria

No mesmo dia, três bombas explodiram e fizeram 29 vítimas

| 19/11/2019 - 06:00

Cristãos que decidem ficar na Síria encontram dificuldades pela constância de ataques

Cristãos que decidem ficar na Síria encontram dificuldades pela constância de ataques


Três bombas explodiram em 11 de novembro em Qamishli, na Síria, matando seis pessoas e ferindo 23. Apenas três dos feridos eram cristãos. No mesmo dia, o líder cristão Hovsep Petoyan e o pai dele, Abraham Petoyan, também foram assassinados por extremistas. Eles estavam junto com o diácono Fadi Sano a caminho de uma igreja na província de Deir Ez Zor. O carro deles foi identificado, e membros do Estado Islâmico abriram fogo.

Para o pastor George Moushi, da Alliance Church, não havia motivos para a emboscada contra o cristão. “Ele era um homem pacífico, que não tinha problemas com ninguém, e nem era político. A morte dele chocou todos os cristãos… nós estamos orando para não termos mais ramificações deste evento”, conta. Hovsep deixou a esposa, Caron Lahdo, e os três filhos, Hoving, Anna e Cayana.

“Pessoas nos ligaram dizendo: ‘Por que você continua nesta área?’. Isso faz com que elas comecem a pensar sobre imigração, de novo, por causa do medo e da insegurança. Tudo isso afeta a estabilidade e impacta a existência de cristãos nesta área”, conta George. Para ele, as explosões são maneiras de perturbar a paz e a segurança das pessoas, principalmente de quem decide ficar: “Algumas vivem com medo, outras preferem ficar isoladas. Todas essas coisas criam uma pressão psicológica, especialmente em quem tem filhos”.

Levon Yeghiayan teve o local onde mora afetado pela terceira explosão. Ela quebrou a janela de uma igreja e feriu três cristãos. “Nós estamos juntos contra isso. Eu presenciei o funeral e foi difícil dizer adeus a um novo líder como Hovsep. Ele era um homem de Deus e isso é perigoso aqui em nossa área”, testemunha Levon.

Seja a resposta de oração para os cristãos sírios

A Portas Abertas desenvolve diversos projetos na Síria. Entre eles estão a reconstrução de casas e igrejas, reabertura de escolas e bibliotecas, e fornecimento de microcrédito. Além disso, promove ajuda emergencial e distribuição de cestas básicas. Doe e permita que três famílias cristãs recebam alimentos durante um mês.

Pedidos de oração

  • Ore para que Deus console o coração da esposa, Caron, e dos três filhos de Hovsep, e supra as necessidades deles nesse momento delicado.
  • Peça que o Senhor inunde os corações dos cristãos de Qamishli de paz e segurança, para que eles permaneçam firmes na fé.
  • Interceda para que Cristo toque os corações dos extremistas, para que tenham um verdadeiro encontro com Deus.

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE