Marginalizados por causa da fé em Jesus

No Nepal, família cristã é isolada do convívio familiar e comunitário, mas permanece firme na fé

| 26/09/2019 - 16:30

Por se converter a Cristo no Nepal, Komal chegou a mendigar depois que o marido morreu, mas não foi ajudada pela família

Por se converter a Cristo no Nepal, Komal chegou a mendigar depois que o marido morreu, mas não foi ajudada pela família


Uma família de cristãos do Nepal foi marginalizada e também perdeu o direito à herança por causa da fé em Jesus. Komal, a mãe da família, explica: “Quando eu, meu marido e meus quatro filhos decidimos seguir a Cristo, fomos excluídos da porção da herança da minha família que íamos receber. Fomos socialmente marginalizados pela nossa comunidade e todos cortaram relações conosco”.

Apesar dos tempos difíceis, eles mantiveram a fé em Deus. Komal testemunha: “Quando nossos parentes nos desprezaram por causa da nossa fé cristã, minha filha mais velha respondeu corajosamente para eles que nós nunca negaríamos nossa fé. Eu fui acusada de ensinar coisas estranhas aos meus filhos e meus familiares me odiaram por isso”.

Mas uma outra tragédia acometeu a família – o marido de Komal foi diagnosticado com tuberculose e não sobreviveu, pois não teve o tratamento adequado por falta de condições financeiras. Mesmo com tudo isso, Komal não voltou atrás na fé. Confiantemente ela diz: “Foi o plano de Deus levá-lo e não há razões para reclamar contra ele”.

Após a morte do marido, Komal foi ainda mais discriminada e isolada. Ela perdeu todo o sustento financeiro e, como não tinha estudo e era muito pobre, não tinha como obter um meio de vida sozinha. Além disso, os cristãos na região em que ela vive têm menos acesso a oportunidades de trabalho por causa da discriminação.

Komal relembra: “Foi muito difícil para mim. As pessoas hesitavam em me emprestar até mesmo uma pequena quantia de dinheiro, mesmo quando eu estava em extrema necessidade. Foi difícil dar conta de tudo, apesar de eu trabalhar muito como diarista – nunca era suficiente. Muitas vezes tive que mendigar comida. Quando meu marido morreu, nenhum parente foi ao funeral e eles nunca deram nenhuma ajuda sequer. Eles continuaram nos forçando a abandonar o cristianismo e voltar ao hinduísmo”. (Essa história continua).

Capacite cristãos do Sudeste Asiático
Entender porque se enfrenta perseguição segundo a Bíblia pode transformar a vida dos cristãos perseguidos. Sua contribuição permite que um cristão do Sudeste Asiático seja preparado para reagir à perseguição com esperança. Com uma doação você possibilita que um cristão dessa região seja capacitado durante 8 meses.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE