Motim racial na Malásia deixa quatro feridos

| 10/08/2015 - 00:00


Na noite de 11 de julho, houve um motim num shopping center, em Kuala Lumpur, capital da Malásia. Tudo começou quando dois meninos malaios roubaram um telefone móvel de uma loja que pertencia a um chinês. Os meninos foram levados para a delegacia de polícia, mas um deles foi liberado e disse à mídia local que o chinês os havia enganado.

As pessoas acreditaram na versão do garoto e um grupo de manifestantes de uma ONG malaia exigiu justiça em frente ao shopping, alegando que ""malaios foram intimidados pelos chineses”. O tumulto começou e eles passaram a atacar qualquer chinês que se aproximasse. Quatro pessoas ficaram feridas. O episódio foi classificado como um “motim racial”.

O último motim racial ocorrido no país foi em 13 de maio de 1969, onde muitos malaios morreram. O número oficial de mortes foi desprezado pelas autoridades, mas fontes diplomáticas ocidentais acreditam que cerca de 600 pessoas morreram, sendo a maioria chinesa. Os preconceitos raciais da época ocasionaram num estado de emergência nacional, o que levou à demissão do primeiro-ministro Tunku Abdul Rahman.

Pedidos de oração
• Ore para que Deus amenize os problemas de preconceito racial na Malásia.
• Interceda para que não haja mais incidentes como este.
• Peça a Deus para que essa situação não impeça os cristãos da Malásia, de maioria chineses e indianos, de evangelizarem os malaios muçulmanos.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE