Trágico balanço dos conflitos na região congolesa de Ituri

| 16/08/2004 - 00:00


Oito mil mortos e 600 mil refugiados: esse é o triste balanço dos conflitos entre milícias rivais, que dilaceraram a região de Ituri, noroeste da República Democrática do Congo. Os dados constam num relatório apresentado ontem ao Conselho de Segurança da ONU, por especialistas em direitos humanos da mesma organização.Segundo a pesquisa, que entrevistou mil e seiscentas pessoas, os crimes de guerra teriam sido cometidos não só pelos grupos rebeldes, mas também pelos soldados do governo congolês, de Ruanda e de Uganda. Desde 1999, a região de Ituri foi palco de um conflito que devastou o Congo, de 1998 a 2003. A província, de fato, é rica em recursos minerais e, em particular, em ouro e diamantes.

Por esse motivo, em Bunia, não obstante a presença de 700 boinas azuis da ONU, ocorreram duros conflitos entre grupos armados locais, sustentados por Uganda e Ruanda, principais beneficiários da exploração das matérias-primas congolesas.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE