Combatentes estrangeiros dizem lutar apenas contra os infiéis

| 10/11/2004 - 00:00


Muitos combatentes estrangeiros em Faluja asseguram que não lutam para libertar o Iraque mas contra os infiéis, informa o correspondente na cidade do jornal britânico The Guardian em um escritório desde essa cidade em chamas.O mais importante é nossa religião, não Faluja ou a ocupação. Se os soldados americanos viessem a mim e se convertessem ao islã, deixaria de combatê-los, explicou.

Leia mais no UOL


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE