Pastor menonita morre em atentado

| 02/12/2004 - 00:00


Javier Segura, pastor da Igreja Cristã Menonita do bairro Victoria, desta capital, morreu no domingo em conseqüência da detonação de artefato explosivo.

Após visitar Sandra Figueroa, sua prometida, depois das 22h foi detonado um petardo de poder mediano, dirigido, segundo autoridades, contra a Prefeitura da localidade 18 Rafael Uribe, ao sul de Bogotá.

Inicialmente, as autoridades declararam que Segura estava implicado no atentado. Essa versão foi desmentida depois.

Segura era pastor do bairro Victoria desde janeiro. Ele era uma pessoa completamente consagrada ao seu trabalho como pastor, o qual exercia de tempo completo, declarou Sandra Figueroa.

Segura nasceu no dia 19 de janeiro de 1973, em El Peñón (Cundinamarca). Era o quarto filho de Ana Isabel González e Miguel Antonio Segura, que participavam da congregação menonita Sinaí, em Bogotá. Ali foi promovido ao pastorado.

O companheiro de trabalho na congregação menonita Sinaí há mais de dez anos, Ricardo Vivas, descreve-o como uma pessoa de temperamento alegre, otimista, que partilhava com muitos jovens seu entusiasmo pela vida e nunca demonstrou tristeza. Javier Segura iria graduar-se no Seminário Menonita, onde cursava estudos superiores de Teologia.

A Igreja Menonita e a Federação Conselho Evangélico da Colômbia (CEDECOL) lamentaram o falecimento. Roosevelt Muriel, presidente da CEDECOL, disse que esse fato, mais os verificados há poucos dias Puerto Asís, Putumayo, onde encapuzados dispararam contra a sede da Igreja Aliança Cristã, são deploráveis. A igreja é alheia ao conflito que vive o país, anotou.

Sobre a morte do pastor Segura, Muriel declarou: Era uma pessoa transparente e inatacável. Expressamos nossos mais sinceros sentimentos de solidaridade para com sua família, companheiros de ministério e à igreja em geral.

A Igreja Menonita lamenta profundamente essa perda tão grande e pede a Deus que sua morte seja fecunda e dê muitos frutos. Assim mesmo, expressa as condolências à sua família e noiva nesse momento de dor, disse o presidente da Igreja Cristã Menonita da Colômbia, Pedro Stucky.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE