Numa campanha anticristã, um estudante é expulso

| 24/12/2004 - 00:00


Em uma campanha contínua contra os cristãos na república autônoma no noroeste do Uzbequistão , um estudante no seu último ano de medicina, Ilkas Aldungarov, foi expulso do Instituto Médico Pediátrico de Tachkent, por pertencer a uma igreja protestante, a Igreja de Cristo, diz o Fórum 18. A expulsão se deu no final de novembro e um cristão que preferiu não ser identificado, disse que, mesmo sendo expulso formalmente pelo seu fraco desempenho acadêmico, Aldungarov foi realmente expulso por causa de suas crenças religiosas.

Iklas Aldungarov e outros protestantes têm sido alvo das autoridades. Em abril de 2004, o promotor da cidade de Nukus, M. Arzymbetov, tentou expulsá-lo, pois pertencia aos que Arzymbetiove chamou de uma seita ilegal.

O escritório do promotor também intimou onze membros da mesma igreja a um questionamento, onde foram pressionados a renunciar sua fé e se converterem ao islamismo, ameaçados de serem baleados.

Em uma entrevista com o Fórum 18 no dia 9 de dezembro, o superintendente do Instituto Médico Pediátrico, Bekbasyn Absametov, negou categoricamente que os estudantes estavam sendo perseguidos por sua fé. Absametov mostrou ao Fórum 18 um relatório do desempenho acadêmico de Ilkas Aldungarov entre 2000-2004. Nós somente consideramos os conhecimentos dos estudantes, e não sua fé religiosa. Por exemplo, assim que Sherimbetova e Artykbayeva recuperarem as matérias em suas notas não foram satisfatórias, eles imediatamente serão reintegrados, Absametov disse ao Fórum 18.

Durante a mesma entrevista com o Fórum 18, Absametov admitiu que professores tinham
um interesse no ponto de vista religiosos dos estudantes, nas não conseguiu explicar o porquê dessa curiosidade.

Alima Urazova, um professor do Instituto Médico Pediátrico, revistou um flat alugado por estudantes protestantes em abril de 2004, tomando posse de literaturas religiosas, forçando-os a deixar o flat e parar de ler literatura protestante, dizendo que seria melhor trabalharem como prostitutas do que ler esses livros terríveis.

Dois dos estudantes, - Aliya Sherimbetova e Shirin Artykbayeva - foram expulsos em setembro por serem cristãos, sendo também dito que foram expulsos pois seu caso tinha sido publicado na Internet, possível referência à cobertura do Fórum 18 no dia 16 de Setembro de 2004. No entanto, em novembro de 2004, esses estudantes foram reintegrados ao instituto.

Estudantes cristãos têm sido perseguidos em outra instituição de ensino superior. Em junho, o superintendente da Faculdade deFilologia (filosofia romano-alemã) da Universidade Estadual de Berdah Karakalpak, Dina Mamyrbayeva, intimidou três estudantes e os ameaçou com expulsão se não parassem de visitar membros da seita.

Uma das estudantes, Elena Kim, disse ao Fórum 18 no dia 8 de dezembro (em Nukus) que Dina Mamyrbayeva acusou-a de fazer parte de uma seita ilegal, cujas atividades eram do interesse do NSS.

Assim como os casos de expulsão no Instituto Médico Pediatra, que foram alegados por mal desempenho acadêmico, as expulsões na Universidade Estadual Berdah Karakalpak também o foram. É impossível provar qualquer coisa: toda as vezes os estudantes são expulsos pelo seu fraco desempenho. Minha filha era uma boa estudante, mas desde que a campanha contra os estudantes protestantes começou, seu desempenho de repente caiu muito, disse Vladimir Kim , um membro de uma igreja protestante não registrada, a Igreja Mir (Paz), ao Forum 18 no dia 9 de dezembro (em Nukus).

A perseguição direcionada especificamente a estudantes protestantes no Uzbequistão até agora só aconteceu em Karakalpakstan, onde é quase impossível igrejas cristãs ganharem registro oficial e, portanto, poderem se reunir legalmente. Apenas uma igreja cristã foi legalmente registrada: a Igreja Petencostal Emmanuel, e atividades religiosas não registradas são proibidas no Uzbequistão, contra a lei internacional.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE