Segurança e luto por tsunami marcam peregrinação muçulmana

Portas Abertas • 20 jan 2005


Mais de 2 milhões de peregrinos muçulmanos chegaram na terça-feira ao acampamento de Mena, no primeiro dia da peregrinação do haj, marcada neste ano pelo luto pelas vítimas do tsunami e por preocupações com a segurança.

Os milhares de peregrinos da Ásia, continente que abriga a maioria dos muçulmanos do mundo, deram ao haj um significado particular, por causa da tragédia das ondas gigantes do fim de dezembro.

Ao mesmo tempo, a Arábia Saudita montou o maior esquema de segurança da história para evitar ataques ou pisoteamentos como o do ano passado, que matou 250 pessoas. A peregrinação do haj deve ser feita pelo menos uma vez na vida pelos muçulmanos.

Leia mais no UOL

Sobre nós

A Portas Abertas é uma organização cristã internacional e interdenominacional, fundada pelo Irmão André, em 1955. Hoje, atua em mais de 60 países apoiando cristãos perseguidos por causa da fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2024 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco