Milhares de cristãos celebram a Semana Santa

| 25/03/2005 - 00:00


Milhares de cristãos, portando ramos de palmeiras, percorreram o caminho trilhado por Jesus quando do seu ingresso triunfal em Jerusalém, na tradicional procissão do Domingo de Ramos, que marcou o início das celebrações da Semana Santa.

Peregrinos de diversos países uniram-se aos cristãos de Israel na procissão, que começou no Monte das Oliveiras e cruzou as portas do antigo muro de Jerusalém, percorrendo o caminho que Jesus seguiu cinco dias antes da sua crucificação.

É uma procissão maravilhosa. Estou muito alegre. É maravilhoso estar com meus irmãos e irmãs, disse Martin, um peregrino suíço.

Os cristãos, alguns carregando seus filhos nos ombros, cantaram hinos junto com clérigos que vestiam seus hábitos religiosos, ao percorrerem o caminho que Jesus fez há 2000 anos, montado num burro e aclamado pela multidão. Alguns que participaram da procissão em 2004 disseram que a deste ano foi mais concorrida que a do ano passado.

Em Jerusalém antiga os crentes acenderam velas e oraram nos serviços de Domingo de Ramos na Igreja do Santo Sepulcro, construída no lugar onde se acredita que Jesus foi crucificado. Os peregrinos oraram nos lugares associados com a paixão e ressurreição de Jesus.

Em Belém, palestinos cristãos celebraram a data com um culto na Igreja da Natividade, construída no lugar onde os cristãos acham que Jesus tenha nascido.

Na parte de fora da igreja, centenas de cristãos palestinos realizaram manifestação de protesto, reclamando das autoridades israelenses a permissão de entrar em Jerusalém para participar das celebrações da Semana Santa.

Os manifestantes agitavam ramos de oliveira e palmas, enquanto que algumas crianças portavam cartazes com a legenda: Eles não nos deterão.

Um dos organizadores do protesto, Sami Awad, declarou: Não é suficiente que possamos celebrar e orar em Belém. Temos o direito de ingressar em Jerusalém para celebrar com nossos irmãos e irmãs cristãos na Cidade Santa.

Autoridades de Israel informaram à agência Ecumenical News International (ENI) que 3,7 mil cristãos palestinos de Belém e da margem ocidental do rio Jordão receberam autorização para entrar em Jerusalém e participar das celebrações da Páscoa.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE