Extremistas hindus atacam estudantes de escola bíblica

| 20/05/2005 - 00:00


Um grupo de extremistas da RSS (Rashtriya Swayamsevak Sangh) atacou e agrediu estudantes da Beersheba Bible College, afiliada à Igreja Pentecostal de Deus, em Marama, no dia 12 de maio.

As vítimas estavam a caminho de um funeral quando extremistas da RSS, em motocicletas, atacaram com facas e outras armas afiadas. A polícia local confirmou o incidente, que aconteceu sem que houvesse provocação por parte das vítimas. Os extremistas foram intimados pela polícia.

Os estudantes Blessen Abraham, George Abraham, Binu Babu, R. Ravindran, Rajesh Rony, Varghese e Vinod foram levados a um hospital perto da Kozhencherry. Babu e Blessen foram internados devido aos graves ferimentos. Varghese também teve que ficar internado para se recuperar dos cortes sofridos.

Por pouco que Rajesh não ficou cego de um olho. Testemunhas disseram que ele recebeu um corte logo acima da sobrancelha.

De acordo com testemunhas, os estudantes estavam a caminho de um funeral de um membro da Igreja Pentecostal de Deus. O ataque ocorreu quando o corpo estava sendo transferido de sua casa para o cemitério.

As vítimas estavam caminhando da casa para a estrada principal, para pegar um ônibus que os levaria até o cemitério, quando extremistas da RSS passaram de motocicletas e os viram. O ataque foi facilitado, pois a RSS se reunia nas proximidades de Kozhencherry.

Cerca de quinze membros da RSS envolveram-se no episódio. Eles começaram a agredir os estudantes fisicamente, bradando palavras anticristãs.

Os extremistas, todos com menos de vinte e cinco anos de idade, eram liderados por um homem chamado Sunil, conhecido como "Visham", que, no dialeto local, significa veneno.

Quando o ônibus que levaria os estudantes chegou, eles correram para tentar se proteger. Os hindus seguiram os jovens até o ônibus, agredindo-os, até que outros cristãos se aproximaram do local.

O incidente gerou medo nos estudantes. Relatos semelhantes contra estudantes de faculdades bíblicas têm se somado ao longo do tempo. Numa tarde de sábado, um grupo de hindus da RSS se reuniu no lado de fora da faculdade, bradando slogans anticristãos e fazendo ameaças contra o corpo estudantil.

A polícia passou a proteger o campus.

A Beersheba Bible College existe há doze anos e atualmente é constituída por quarenta estudantes. A Igreja Pentecostal de Deus tem ministrado na região de Maraman desde 1983.

A resposta dessa instituição em relação a esse incidente deixou os residentes da região surpresos. O Reverendo Shibu Nelweli, diretor da faculdade e pastor da igreja local, disse que a comunidade da Beersheba Bible College decidiu perdoar os extremistas, não registrando queixa contra eles.

Entretanto, a polícia local registrou o caso contra os quinze membros da RSS envolvidos nesse incidente.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE