Budistas fazem greve de fome por liberdade religiosa

| 18/06/2005 - 00:00


"Eles começaram a greve e estou certo de que a levarão adiante. Já comunicaram às autoridades que irão se queimar até a morte se não atenderem a suas demandas", disse Le Vang Hung, porta-voz do grupo.

Hung acrescentou que os grevistas são sete civis e um monge da província de An Giang (delta de Mekong), o lugar de nascimento de Huynh Phu So, o fundador do grupo.

No Vietnã, todas as organizações e grupos religiosos estão controlados pela Frente da Pátria, ligada ao Partido Comunista, a única formação política permitida no país.

Fundada em 1939, Hoa Hao foi aliada da guerrilha Viet Minh em sua luta contra França desde 1945 até a execução de seu fundador pelos comunistas dois anos depois, por suposta traição.

O patriarca do grupo, Le Quang Liem, foi detido várias vezes e, em agosto do ano passado, as autoridades vietnamitas suspenderam o período de vigilância que lhe haviam imposto para restringir seus movimentos por suas "atividades contra o Estado".

Segundo a Secretaria de Assuntos Religiosos do Vietnã, Hoa Hao conta com 1,3 milhões de membros, apesar de que o grupo budista assegura que conta com cerca de cinco milhões de seguidores.

Texto enviado por Daila Fanny.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE