Estudantes de instituto bíblico são ameaçados

| 21/10/2005 - 00:00


Em julho passado, o Instituto Bíblico Presbiteriano Graça foi forçado, pelos terroristas islâmicos, a se mudar para Khulna. A pequena escola de 33 alunos está localizada atualmente em Sayabithi do Sul, 24 quilômetros ao norte de Dacca.

Peter Khaleque, o diretor da instituição, disse ao Christian Freedom International: "Tivemos que mudar nossa escola de Khulna porque lá era muito perigoso. Os fanáticos agrediram os alunos e tentaram matá-los. Há muitos fanáticos em Khulna atualmente".

"O grupo extremista atacou nossa escola três vezes, duas vezes neste ano e uma no ano passado", disse Peter. "Temos 33 alunos no colégio. Tentaram seqüestrar as garotas e matar os homens".

Mas mesmo em sua nova localização fora de Dacca, a capital da nação, a escola recebeu novas ameaças.

"Aqui, em Sayabithi do Sul, enfrentamos problemas", disse Peter. Temos que ficar quietos. A sociedade muçulmana na região diz que, se cantarmos alto demais, eles cortarão nossas mãos. Se orarmos alto demais, também cortarão nossas mãos. Foi a vizinhança muçulmana da mesquita local que fez essa ameaça".

Entretanto, apesar da perseguição, a escola está indo adiante. "Temos medo, mas trabalhamos para o Senhor, mesmo assustados", afirmou Peter. Teremos aulas, mesmo que nos intimidem.

O Christian Freedom International conclama Bangladesh à proteção dos direitos de suas minorias religiosas.

De acordo com o presidente da organização, Jim Jacobson, a perseguição aos cristãos, em especial aqueles que se converteram ao cristianismo em Bangladesh, está piorando. O crescimento é alarmante e deve ser assunto de maior interesse para cada amante da liberdade".

O Christian Freedom International também pede ao governo dos Estados Unidos e à ONU para usarem sua influência em Bangladesh, a fim de deter o crescimento da perseguição das minorias religiosas, dos cristãos em particular.

Texto enviado por Daila Fanny.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE