China prende bispo e padres da Igreja Católica, diz ONG

| 11/11/2005 - 00:00


As forças de segurança da China prenderam um bispo e dois padres da Igreja Católica, que funciona de forma clandestina no país, afirma a Fundação Cardeal Kung, um grupo de defesa dos direitos humanos baseado nos Estados Unidos.

Segundo a fundação, os agentes de segurança levaram nesta quarta-feira o bispo Julius Jia Zhiguo, de 70 anos, de sua residência na cidade de Zhengding, localizada em Hebei, 240 km a sudoeste de Pequim, para o que a polícia disse ser uma sessão de estudo.

No dia anterior, a polícia havia detido dois padres ligados à diocese do bispo: Li Suchuan, 40 anos, e Yang Ermeng, 35, segundo a entidade.
O comitês de negócios religiosos do governo em Shijiazhuang e a polícia de Zhending recusaram-se a tecer comentários sobre as prisões, quando contatados pela agência de notícias AFP.

Leia mais no BBC Brasil.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco